Das opiniões, dos fatos e da verdade

Que a mídia está passando por uma crise de identidade, não resta a menor dúvida.

Assusta, entretanto, ver que a briga por audiência, pelo Ibope, por pontos nos mercados consumidores fazem a todos esquecerem os problemas do país e ficarem ligadinhos na opinião de gente que, IMNSHO, é completamente desqualificada para se postar diante de uma telinha e uma câmera.

É atribuída a Pulitzer a frase que diz ” Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma “. Mas é o mesmo Pulitzer que empresta seu nome a um dos maiores prêmios de jornalismo do mundo?

Acredito que, se não temos a mínima condição de ganhar um Nobel em áreas que demandem pesquisa ou  tratamento do conhecimento, na imprensa tupiniquim. ganhar um “Pulitzer” chega a ser algo inimaginável.

O que me deixa chateado é que as frases mais ácidas, e verdadeiras, criticando à mídia em geral, são aceitas por todos (até por quem não as entende), mas fica por aí. Dali a pouco estão ouvindo a opinião de repórteres desqualificados, quando, na realidade, precisamos somente dos #FATOS. Todo telespectador e ouvinte deveria ter o direito de dizer a narradores e apresentadores: FALE OS FATOS E GUARDE SUA OPINIÃO PARA SEUS FILHOS.

Que montem blogs de opinião e se limitem aos #FATOS.

Conheço profissional da mídia que tem medo de rede social. Ia ser desmascarado em 5 minutos.

A situação é séria…

Não ia dar este exemplo, mas incomoda, dói muito…

O tal BBB e o “filósofo” Pedro Bial. É impressionante com ainda existem pessoas a acompanhar aquilo e sair comentando nas ruas. É impressionante como um sujeito que foi correspondente internacional da Rede Globo, uma empresa que LUCROU mais de R$6 BI em 2015, despeja certas sandices e asneiras e fica tudo por isto mesmo. PIOR, ele se achando algum tipo de epistemólogo e um monte de telespectador compartilhando as pérolas.

Para não dizer que não falei de flores, aqui no Arraial do Curral Del Rey, tem uma rádio que mantêm correspondente em Brasília. Semi analfabeta ou completa analfabeta funcional. Não deve ter frequentado nenhuma escola onde a vírgula foi pautada. O mais incrível é que encontrei admiradores para estes “profissionais”.

Não tem solução. A opinião destas pessoas é que está no poder, moendo carne.

Eu não quero que as pessoas pensem da maneira que eu penso. Quero somente que elas PENSEM.

A massa mantém a marca, a marca mantém a mídia e a mídia controla a massa”

(George Orwell)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.