Eleitor Analfabeto

Eleitor Analfabeto no comando

Eleitor Analfabeto

Estima-se, por pesquisas realizadas pelo IBGE e evolução da população com acesso à educação formal básica, que algo em torno de 13 milhões de brasileiros são analfabetos. Alguns morando a poucos quilômetros de cidade com PIB considerável e nas quais o acesso à educação formal, ainda que tardia via EJA, seja facilitada. Em outras palavras, quase todos os jovens e adultos nesta condição, encaixam-se na categoria de eleitor analfabeto.

É certo que jovens e adultos são a maioria neste contingente de 13 milhões, portanto, em muitas cidades eles poderiam eleger um vereador com facilidade. Assim sendo, temos um quantitativo que chega a quase 10% dos eleitores do país que, decidem até eleição presidencial.

Entretanto, um alento é que, nos últimos anos, mais jovens e adultos estão nas escolas e o número tende a cair vertiginosamente. Nenhuma criança deseja ser analfabeta e algumas “empurram” os pais para o letramento, nem que seja digital, por outro lado, infelizmente, alguns governantes são contra a educação e, principalmente, contra retirar o eleitor analfabeto da ignorância.

E o Analfabeto Funcional?

Se a quantidade de eleitor analfabeto assusta, imagina se somarmos o analfabeto funcional, aí que a porca torce o rabo.

Chegam a provocar mais danos para nossa sociedade do que os analfabetos de fato e de direito. Certamente, conheço alguns analfabetos que votam com mais consciência do que pseudo-letrado, que frequentou banco de escola de faculdade. Estes aculturados e formado academicamente, que batem no peito, como se fossem superiores, culturalmente e politicamente são os piores.

Em tempos de eleições municipais, ainda aparece dúzias de candidatos gritando “mais educação” quando estão na contra-mão da educação de verdade.

Analfabeto funcional ou conivente político mão passa de um bando de aproveitador que manipula a massa de eleitores analfabetos.

Analfabeto Completo

Em Belo Horizonte, por exemplo, desde o milênio passado, não se houve notícias de filas de pais procurando vaga para seus filhos em escola pública (tá, a qualidade do ensino e o reconhecimento aos professores é OUTRA HISTÓRIA). Mas isto não sai na mídia pois tiraria o sustentáculo de campanhas eleitorais vazias e enganosas. É como saneamento básico de água encanada e córrego sem esgoto… não dá voto pois fica enterrado e a mídia não notícia diminuição de doenças infecto-contagiosas e elevação da qualidade de vida.

CUIDADO com vigaristas profissionais que utilizam analfabetos funcionais para se elegerem fazendo você votar neles !!!

Eleitor Analfabeto Digital

Em uma, logo após a inserção da urna eletrônica, e da disseminação de aparelhos de conversa via redes sociais em áudio, explodiu a capacidade do eleitor analfabeto fazer e acontecer. As redes sociais que poderiam ampliar a alfabetização através da comunicação via smartphone, preocupa-se em “apps” de consumo, quase nada de cultura, educação e avanços da sociedade.

Por isso, afirmo e repito, o mundo acabou e não tem volta e o eleitor analfabeto ainda não descobriu que pode ficar no comando. (ver Fim do Mundo Maia e a Inversão dos Pólos).

 

Imagem: Reprodução Internet

 

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários, ou na página do Facebook, associada a este Blog.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.