Cachoeia do Bicame

Passeio bate e volta a partir de BH (4)

Bate e volta em BH

Inspirado em um artigo do site cultural sobre Minas Gerais, resolvi recomendar roteiros de passeio, atividade de um dia do tipo vai cedo, almoça e volta ao final do dia, para finais de semana ou feriados prolongados. A dica vale muito para quem é de BH e pensa que não tem alternativas baratas de passeio e lazer. Como foi boa a receptividade, será uma “série” posts com esta temática. Adotei uma regra que é indicar somente roteiros de bate-e-volta a menos de 150 km de Belo Horizonte onde é possível ir e voltar em menos de duas horas, para que não vire uma coisa corrida. Quem sabe vira roteiro ou sirva de inspiração (se não existir) para alguma agência de turismo fazer pacotes pequenos e de baixo custo para os próprios belo-horizontinos …

Lapinha da Serra – Serra do Cipó

Tem sido difícil fazer este tipo de post sem escrever muito. Ainda mais quando o lugar é repleto de oportunidades de lazer e descanso. Nesta edição, recomendo um bate e volta de dois dias. Se possível feriado prolongado.

Recentemente, os moradores da região, conseguiram que fosse a aprovada a proibição de construção de prédios na região. A localidade de Cardeal Mota (atual Serra do Cipó), e a região conhecida como Lapinha da Serra, são polos turísticos pela natureza exuberante que possuem e não pelas construções multiníveis.

Acesso

O acesso de carro, saindo de Belo Horizonte, se dá pela MG10, até o distrito da Serra do Cipó, pega-se estrada na direção de Santana do Riacho, distante da capital aproximadamente 130 km, e 12 km após passar pelo centro da cidade, chega-se ao distrito de Lapinha da Serra.

Saindo de BH de ônibus existem dois horários e o tempo de viagem é entre 2h30 e 3h, todos os dias. Chegando em Santana do Riacho existem meios de transporte para os distritos da região.

Infraestrutura

A região é dotada de completa infraestrutura de transporte, gastronomia, hospedagem, serviços de condutores ambientais e outros, que permitem que o bate e volta se transforme em mais dias sem nenhum susto. Embora a maioria dos locais a serem visitados não ofereça riscos e perigos, é sempre recomendável que os visitantes sejam acompanhados por locais ou por alguém que já visitou a região. O artesanato e a cultura local com seus eventos, merecem atenção.

Atrativos

São diversas as atividades e locais para se desfrutar. As mais conhecidas são: Cachoeira do Bicame, Cachoeira do Lajeado, Cachoeira do Rapel, Cachoeira do Paraíso, Lagoa da Lapinha, Represa, Pico da Lapinha e Poço do Boqueirão.

Locais de natureza magnífica e de espaços preservados. Neste sentido, respeitar a natureza é mandamento número 1.

É importantíssimo não esquecer de levar sacos de lixo para não deixar rastros e dejetos de sua visita.

Adicionalmente, não se esqueça de consultar as condições do tempo pois se chove na Serra, e o local que você se encontra não está chovendo, é factível que o nível das cachoeiras e rios suba de repente e sem aviso.

Ao visitar a região, em feriados, deve-se ter cautela com o trânsito no trecho entre Vespasiano e a Gruta da Lapinha, devido ao excessivo volume de carros.

Foto: Marcos Amend

6 comments for “Passeio bate e volta a partir de BH (4)

  1. Maria José
    27/02/2016 at 11:54

    Professor boa tarde achei que você fizesse estes passeios,seria uma delicia locar uma van e sair por ai.

    • 27/02/2016 at 13:14

      Ma. José, bem que eu queria fazer em todos finais de semana. Até já sugeri para um amigo que tem agência. Ele faz estes passeios mas ele prefere passeios mais “radicais” e com grupos de fora de Minas, que passeiam durante a semana. Mas sua ideia é bem interessante.

  2. 27/02/2016 at 18:50

    Boa noite
    Eu faço passeio de bate e volta para a Serra do Cipó
    para uma RPPN Alto do Palacio, unidade de conservação, acesso restrito, cachoeira participar, local de recuperação e soltura de aves. Local muito preservado.
    Entre em contato : 31 99189-1651
    Ricardo
    somente roteiros exclusivos e personalizados a partir de quatro pessoas.

    • 27/02/2016 at 21:52

      Ricardo, como escrevi em algum lugar, em resposta a um comentário/sugestão, a proposta começou ao ver uma agência fazendo este tipo de bate-e-volta. Manteremos contato e, eventualmente, poderemos até alinhar algumas de suas propostas, ou usá-las para que possamos fazer um post mais detalhado e atualizado. Percebo que a maioria destes passeios e locais estão divulgados em muitos sites e blogs mas sem uma atualização mais consistentes (por isso até escrevo sem dar muitos detalhes que podem ficar desatualizados). Conto com a sua parceria para fazermos uma divulgação, principalmente para os belorizontinos, destas maravilhas aqui perto. Sou fotógrafo e tenho pessoas interessadas neste tipo de passeio que privilegia a fotografia.

  3. Vinicius Rigotto
    22/03/2016 at 11:53

    Prezado Evandro! Muito legal o seu post e ele retrata com fidelidade as informações! Apenas uma correção a ser feita: O município não chama-se mais Cardeal Mota (desde 2003). O nome correto é Serra do Cipó! No mais está tudo correto! A gastronomia de Lapinha da Serra é algo que merece uma “visita” mais apurada. Almoçamos lá no Restaurante da Joca e lá tem o melhor frango com ora-pro-nobis da região. É um tipo de turismo muito barato (há opções de locação de casas para até 8 pessoas por R$500,00 o final de semana! Pousadinhas aconchegantes e com preços honestos. Além disso tudo há uma característica no local que é sensacional! Lá não pega há sinal para celular! O descanso é garantindo! Grande abraço e parabéns pela iniciativa!

    • 22/03/2016 at 12:24

      Conto com a sua colaboração para sugestões de passeios no espírito que propus. Dê uma lida nos outros que, certamente você já deve ter ido. Obrigado pelas considerações. De repente incorporamos um “roteiro de passeios” do Vinicinho num blog próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.