Filosofia Binária

Filosofia binária

Certamente, muitos torcerão o nariz. Filosofia parece não ter nada a ver com tecnologia da informação e os aspectos cartesianos da ciência que domina o mundo de hoje. Filosofia binária é um termo que não faz parte (pelo menos associado à tecnologia dos bits e bytes) de nenhum dicionário. Muito embora alguns filósofos tenham cunhado a expressão no sentido de dualidade entre opostos.

Educação Superior

Enquanto professor de disciplinas de TI no ensino superior, gosto mais de trocar conhecimento com aqueles alunos que iniciam seus cursos. A maioria nem sabe bem se aquele curso é o que vaio ser a profissão de cada um. Muitos destes alunos chegam preguiçosos e pensam que “… estudei mais de 15 anos e agora vou descansar um pouco …”. Péssimo para os professores de disciplinas nos semestres iniciais de cada curso.

Neófitos

Foi com certo alívio que vi a introdução da disciplina de filosofia em alguns currículos do ensino médio. Ministrar disciplinas de tecnologia da informação, ou de programação de computadores para quem não tem a mínima ideia do que venha a ser raciocínio lógico, falácias, sofismas é uma pedreira.

Programadores

Programadores são melhores que filósofos. Algumas profissões, como psicólogos, deveriam ter algumas disciplinas de programação além das filosofias, sociologias e outras. No mundo atual, os seres humanos e as tais gerações “X”, “Y, “Z” e quetais, estão respondendo a um sistema cartesiano, altamente impregnado de filosofia e lógica do conhecimento. Os maiores criptógrafos que conheço na atualidade tem a base filosófica afinadíssima, não vejo a recíproca em outros profissionais.

Filosofia Binária

Estamos perdendo a nossa juventude. Algumas gerações, hoje adultos, foram perdidos. A filosofia binária poderia ser uma forma de resgatá-los ao pensamento filosófico sobre as coisas eivadas de tecnologia. Não parece ser este o caminho.

Os adolescentes de hoje estão falando a linguagem dos bits e bytes. Cartesianismo binário puríssimo. Todos tentando imitar as máquinas. Entretanto, máquinas são. atualmente, preemptivas e seres humanos não passam nem perto. São binários e não-preemptivos.

Filosofia aplicada (quem diria!).

Quanto tempo para descobrirem isto?

 

Charge: “Aprendendo a Filosofar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.