Pensando fora da caixinha

Manipulação de Massas (2) – A Série

Dificuldades Pessoais

É recorrente a minha dificuldade em tratar com pessoas que não aceitam a minha opinião, porque não concordam com ela. A primeira medida que as pessoas tomam, quando leem a minha opinião que, na maioria das vezes, não agrada, a primeira reação é usar a falácia ad hominem.

Einstein teria dito que “a mente que se abre para uma nova ideia nunca retorna ao seu tamanho original”. Não tenho confirmação se ele disse isso, mas a frase cabe bem como autoria dele.

Vejo que quando faço uma crítica ácida ou ríspida, sobre qualquer assunto, de forma genérica, imediatamente aparecem os leitores e interlocutores que vestem a carapuça e se sentem ofendidos. Raros são os que saem da defensiva ou que falam em nome dos outros. A maioria se cala.

Porque ?

Caixinha Pequena

Entendo que a caixinha a que se referia Einstein é pequena e doutrinada de acordo com a sociedade ou a educação de berço recebida. Como em experimentos com símios e seus hábitos culturais e coletivos. A história de castigo e recompensa não é lenda urbana não.

À medida que as pessoas avançam na idade cronológica, formando imagens particulares do mundo e das pessoas, aumentam os estereótipos, preconceitos e crenças, dificílimos de remover. Assim sendo, esta chamada rigidez mental, limitada a uma caixinha eivada de regrinhas afeta o modo de pensar.

A verdade absoluta não existe. Se a pessoa pensa deve seguir a opinião da maioria, e que aqueles que não pensam e reproduzem o que ela acredita estão querendo impor outra verdade absoluta, ainda não entenderam o poder de manipulação de outras pessoas, de órgãos da mídia, de governos, de políticos, de artistas.

Como dizia a frase indicada no início, ter flexibilidade e espaço para ouvir e/ou ler uma opinião diferente, armazenar na caixinha por um tempo e refletir, abrirá um mundo de possibilidades. As decisões e dilemas são naturais, esta é a melhor opção. Cometer erros ou se arrepender depois da decisão tomada faz parte da vida.

Saia da Caixinha

Sair da caixinha é o termo utilizado por alguns mas que tem sentido somente se as pessoas que são manipuladas entenderem o que significa. Muita gente é manipulada e não admite. Nesta quarta onda revolucionária da informação, tornou-se um caso de epidemia. As redes sociais passaram a ilusão de que informação é poder e todo mundo quer receber zilhões de bits de informação para ser poderoso.

Não funciona assim. Sem critério, informação não passa de dados. É importante a pessoa ter discernimento e mais do que informação, precisa ter conhecimento, por isso um cérebro que lê um livro nunca mais volta ao tamanho normal, enquanto um cérebro que recebe bits e bytes em profusão, pode encolher.

Como em atitudes de AA e NA, reconhecer que a caixinha está emperrada é o primeiro e mais importante passo.

Acredite ! Todos podem ajudar muita gente a começar a pensar fora da caixinha.

 

Imagem: Blog Adriana Mangabeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.