Tunga Penetrans

Tunga penetrans na viúva

Tunga

O termo Tunga transformou-se em sinônimo de engano, logro, tomar posse de algo que não lhe pertence por meio de enganar outrem. Aí fica fácil associar a tunga com a “viúva”.

A viúva, desde a origem do Código Civil e da Res Pública, tem dificuldade em dispor dos bens e direitos do de cujus. Se tem herdeiros legítimos então… o que ela faz? coloca a disposição tudo que puder, por baixo dos panos. Talvez por estas restrições, sempre que o erário é prejudicado, diz-se “por conta da viúva”.

Por curiosidade, o nome TUNGA vem da espécia de pulga, a menor que existe, conhecida como “Bicho-de-pé”, que habita terrenos de porcos (aqueles que chafurdam na lama). Estas pulgas entram no corpo de animais e humanos para se proliferarem. Sugam todo o sangue e aumentando a quantidade de espécimes. A tunga penetrans pode ser danosa e provocar tétano, gangrena e outros fungos nos humanos levando até à morte.

Siderurgia

O exemplo de tunga na viúva é a Usiminas. Exemplo de produtividade e excelência, foi privatizada com ajuda da viúva (BNDES e fundos de pensão) por um valor irrisório (o LUCRO do primeiro ano de privatizada foi maior do que o valor pago). Passaram-se os anos e a empresa entra num “processo de recuperação” sem que a administração privada seja responsabilizada pela malversação do dinheiro público. Encerrada a briga resultante da privataria, o lucro aparece.

Ferrovia

O exemplo de tunga na viúva são todas as ferrovias privatizadas. Tava ruim? Ficou pior e as ferrovias privatizadas atendem somente à iniciativa privada. Sumiram as ferrovias. Restou a dívida. A maior de todas, FCA, vem pegando dinheiro com o BNDES e Fundos de Pensão para melhorar a malha ferroviária. O que vemos como resultado é somente desemprego, uso impróprio para o desenvolvimento e crescimento coletivo. Mais um “processo de recuperação”

Telefonia

A privataria da telefonia talvez seja o modelo mais absurdo de tunga na viúva. Não entraram com nada, pegaram grana do BNDES e fundos de pensão e ainda ficaram com diversas plantas de tecnologia e muito patrimônio das privatizadas. Agora a OI, a principal delas, depois de briga interna de poder, depois de maltratar seus usuários de forma covarde, depois de tentar encampar a tudo e a todos e depois de ver fracassada parceria com empresas estrangeiras, busca o seu “processo de recuperação”. Tunga oficial.

Iniciativa Privada

É curioso ver um monte de economista desinformado brigando pelas privatizações e lutando para entregar o pré-sal como se as privatizações tivessem sido sucesso sem ressalvas. Estes empreendedores de grande porte gostam é de remissões, benefícios, isenções e coisas afins. Quando a crise passa perto deles, o desemprego e alta de preços e outras artimanhas são a práxis comum. Pior é que os discursos são reproduzidos por médios e pequenos empresários e por sua vez pela horda que forma a burguesia da burocracia estatal que não conseguem nem ter pensamento próprio.

Esta tunga da OI é lapidar. Assim como outras que se transformaram em um ótimo negócio de pai para filho.

Ver o golpe que estes ricos usurpadores da viúva vem aplicando e ler e ouvir comentários e artigos sobre empréstimos do BNDES a países africanos, Cuba e outros da América Latina chega a ser curioso. Defendem empresas globalizadas europeias e americanas, vindo aqui, tomando de assalto as empresas nacionais. Utilizam o dinheiro do BNDEs e praticam “processos de recuperação” que nada mais são do que uma tunga na viúva, enquanto países que pagam suas dívidas são estigmatizados e declarados como suspeitos.

Imagem: www.ultracurioso.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.