Tunga da OI

A maior tunga desde 1500

Está em curso a maior recuperação judicial (eufemismo para concordata) que já existiu no país. A ela seguirão outras. A Oi não vai afundar sozinha. Vai levar muita gente, a maioria é de gente honesta. Estes fraudadores e sonegadores não merecem consideração

Grandes tungas

Se somarmos as quatro maiores recuperações judiciais do país, antes da OI, não chega ao valor da tunga-master. É preciso somar as maiores 9 (nove) quebras, a maioria fraudulenta e com apoio de setores do governo, para equiparar a uma única recuperação da OI.

Empresa/Passivo (R$)

1º  Oi – R$ 65,4 bilhões
2º  Sete Brasil – R$ 19,3 bilhões
3º  OGX- R$ 12 bilhões
4º  OAS – R$  11,15 bilhões
5º  Schahin – R$ 5,85 bilhões
6º  OSX- R$ 4,57 bilhões
7º  Grupo Rede – R$ 4,1 bilhões
8º  Wind Power Energia – R$ 3,04 bilhões
9º  Abengoa – R$ 2,66 bilhões
10º  Renuka – R$ 2,33 bilhões

Caso à parte

Observa-se que todas ou quase todas empresas de maiores valores de recuperação (as maiores dívidas) sempre viveram das benesses e remissões do erário. Sonegam, pedem revisões e fazem recursos (tai o CARF para não me deixar mentir), deitam e rolam, com dinheiro do contribuinte.

No caso da OI pode ser mais grave. A empresa utilizou-se de muito dinheiro público, via BNDEs, para tornar-se a maior empresa de telefonia fixa do país. Construiu o monopólio de telefonia fixa, demitiu, terceirizou, quarterizou e fez e aconteceu. Dinheiro público.

Má gestão

Uma empresa de telefonia, operando a base fixa e móvel, com planos  mirabolantes e dispondo de recursos abundantes da privatização e investimento. Aí acumula mais de R$65 BILHÕES de dívidas. Acumula milhares de trabalhadores e seus familiares pendurados nas contas e tendo a certeza que vão pagar o pato.

Onde entra a garantia que as empresas da iniciativa privada pede para todo cidadão quando compra alguma coisa para pagar depois?

Qual o compromisso da OI e suas terceirizadas e quarteirizadas com os direitos de seus trabalhadores?

E o cliente da OI (sou um deles) que a meses já vinha percebendo a baixíssima qualidade nos serviços e constantes mudanças nas regras destes serviços?

Será que os credores e o governo vão deixar esta empresa mal administrada voltar a funcionar?

Poderemos usar a OI como exemplo de péssima privatização e gestão privada?

É curioso como a possibilidade dos gestores destas grandes tungas à viúva, também estejam envolvidos com outros golpes e falcatruas, dentro e fora do Brasil.

Tudo bem que a ANATEL não tem cumprido suas funções básicas, mas atribuir à ANATEL esta dívida da OI é de uma estupidez ímpar. Merece troféu Cavalgadura 2016 quem acha que acabando com a ANATEL a coisa vai funcionar e as dívidas vão diminuir.

Charge: Duke

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.