O lema Selassié

A República da Panákia – O Lema Selassié

Ras Tafari

Muito tempo atrás, logo que fui alfabetizado, apaixonei-me por palavras cruzadas. Herança de pai e mãe e, certamente, fazia aquelas bem fáceis. Uma das que eu “matava” de cara era a definição de “Príncipe Etíope, com três letras“. Muito fácil, RAS. A princípio, não tinha a mínima noção de quem era Tafari Makonnen, o que poderia significar o lema Selassié e muito menos que eu viria a conhecer uma pessoa de sobrenome Selassié no Brasil.

Eventualmente, a vida nos prega peças, mas além de conhecer do lema Selassié aplicado à República da Panákia, conheci pessoas de sobrenome Selassié. Descobri, outrossim, que os cabelos rastafari tem tudo a ver com o príncipe etíope e um modo de  vida. Bob Marley tinha muito mais conteúdo ideológico do que eu imaginava quando adolescente.

O Lema Selassié

Doutor Yakobis, filósofo, político, sociólogo, mentor intelectual e o grandiloquente oligarca panaka estava certíssimo quando adaptou o lema Selassié.

O pensamento do primeiro e único Ras Tafari , o lema Selassié primordial da república panakiana é primoroso.

Na Abissínia, o imperador indicava que “… a felicidade é a diferença entre o realizado e a expectativa …”, destarte, o líder etíope dizia que prometia pouco, assim não criava falsas expectativas.

De maneira brilhante e inteligente, o lema Selassié adaptado ficou reduzido a “… são as expectativas não cumpridas que acarretam a infelicidade …”. Não prometemos nada, o que vier é lucro e felicidade será sempre intensa.

Assim sendo, não devemos criar expectativas de que as pessoas atinjam melhorias em sua vida com educação e melhores empregos. Se não prometermos um pibão, prometemos um PIB de crescimento negativo, se for igual ou superior a zero, será a felicidade suprema.

Assim vai dar certo !

Futuro

Pensando no futuro dos panakianos, não vamos prometer mais nada, pelo contrário, iremos rever todas as expectativas para menos. Assim cumpriremos, à risca, o Ato Institucional n. 13. Deixam de existir pessimistas e com as expectativas rebaixadas, vamos sempre crescer. Taxa de desemprego muito alta, sempre será notícia na TV Panákia Guiada. A redução a cada mês, através de diminutos índices percentuais, manipula e ilude a todos.

Nossos antropólogos, cientistas sociais e sociólogos, comandados pelos oligarcas do poder supremo (vide Artigo I – Cláusulas Pétreas) estudam novos pensamentos de Selassié. Será tudo adaptado conforme a maneira perfeita à República da Panákia e suas instituições, sem pessimistas.

Da mesma forma, destacamos um pensamento do imperador, que será adaptado, respeitados todos os Atos Institucionais (AI) da república:

"Devemos parar de confundir religiosidade e espiritualidade. Religião é um conjunto de 
regras, regulamentos e ritos criados pelos homens com o objetivo de ajudar a 
espiritualidade das pessoas; devido à imperfeição do homem, a religião tem se tornado 
corrupta, política, divisiva e uma ferramenta de força. 
Espiritualidade não é teologia ou ideologia, é simplesmente um modo de vida puro e 
original dado pelo todo poderoso; espiritualidade é uma rede que nos aproxima do todo 
poderoso, das pessoas e do universo como um todo"

Hailé Selassié

Adicionalmente, estão sendo realizados estudos para implementar a antítese do experimento da Terra Gêmea, de Putnam, de forma que a lógica do conteúdo mental amplo seja suprimida em favor do conteúdo mental restrito. Uma rede social específica cuidará de restringir o conteúdo mental a 140 caracteres por vez.

Assim sendo, teremos pessoas com baixas expectativa, conteúdo mental restrito e felicidade suprema. A Terra Gêmea restrita é aqui, o pais Fake que fique com a Terra Gêmea de conteúdo amplo.

Armação

Portanto, não podemos permitir que o lema Selassié pereça. Não podemos deixar que nossos jovens fiquem como no país Fake. Esta nação inimiga, recebeu Selassié, em missão diplomática, no ano de  1960. O líder abissínio sofreu, durante a visita, sua primeira tentativa de golpe. Portanto, aquele país Fake está criando uma geração de inúteis, com expectativas inatingíveis. Oferecem vagas e cursos superiores para profissões que nunca serão necessárias no futuro.

Em suma, não podemos deixar que a nossa sociedade seja como do país Fake.

Vida longa a tudo que se refira ao lema Selassié, desde que adaptado !

 

Charge: Dalcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.