Estação Ferroviária - Itabirito

Passeio bate e volta a partir de BH (27)

Inspirado em um artigo do site cultural sobre Minas Gerais, resolvi recomendar roteiros de passeio, atividade de um ou dois dias, de puro lazer e cultura, algo do tipo vai cedo, almoça e volta ao final do dia ou no dia seguinte comum pernoite.

Algumas cidades e localidades possuem um rico acervo natural, cultural e turístico, que podem ser visitadas mais de uma vez. Consistem numa ótima opção de passeio para os habitantes de Belo Horizonte, das cidades Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e excelentes opções de cartão de visitas quando formos anfitriões de alguém de fora de Minas Gerais.

Localiza-se a menos de 60km de Belo Horizonte, saindo pela BR040 em direção ao Rio de Janeiro, ruma-se em direção a Ouro Preto. Estrada perigosa, especialmente em dias úteis e tempo chuvoso. Bem servida por transporte coletivo e com estrutura de hospedagem, alimentação e serviços bastante satisfatória.

História

Itabirito, distrito denominado Itabira do Campo enquanto distrito colonial de Vila Rica (depois Ouro Preto), ganhou este nome em função de sua maior riqueza mineral, uma certa “pedra que risca vermelho”.

A cidade localizada a meio caminho entre a antiga e a nova capital experimentou um crescimento pelo ponto estratégico para os tropeiros e posteriormente pela imigração ocasionada pela exploração do ouro e implantação da ferrovia.

Turismo

A cidade possui diversos pontos turísticos dentre os quais podemos recomendar:

  • Complexo Turístico da Praça da Estação Ferroviária;
  • Pico de Itabirito;
  • Rua do Rosário;
  • Alto forno em carcaça de aço (1o. da América Latina);
  • Museu das Reduções (Distrito de Amarantina).

A região possui cachoeiras que em época de calor são recomendáveis:

  • Cachoeira D´Ajuda;
  • Cachoeira Chicadona;
  • Cachoeira Véu da Noiva;
  • Cachoeira da Bem vinda

Destes pontos, o Pico do Itabirito e o Conjunto da Estação Ferroviária são tombados e carregam a natureza e história da cidade e da região. A cidade está no seio do Circuito do Ouro e Circuito da Estrada Real. Tem mudado o perfil da economia e a cultura e turismo estão representadas em suas festas e eventos.

Pastel de Angu

O pastel de angu, para acha a denominação estranha, é um clássico da culinária mineira. Existe até a disputa sobre qual a cidade que “inventou” iguaria. Certo é que locais e e turistas não deixam de apreciá-la. Diz a lenda que a receita foi criada no século XIX. É feita com água, fubá de milho (de moinho e não industrializado), óleo, sal, ovo, polvilho azedo e bicarbonato de sódio. Pode ser recheado com uma variedade imensa, para agradar a todos. Existem “sabores” de queijo, frango, carne moída, bacalhau e umbigo de banana. Isto mesmo, umbigo de banana. A cidade de Itabirito tem o melhor pastel de angu.

Foto: Renato Weil

P.S. com este período de eleições municipais tá muito chato pesquisas nos sites oficiais dos municípios. Que coisa mais estúpida. Fiscalizar o que devem fiscalizar, não fazem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.