Sete Lagoas

Passeio bate e volta a partir de BH (29)

Inspirado em um artigo do site cultural sobre Minas Gerais, resolvi construir roteiros de passeio e recomendá-los aos leitores do blog. Atividade de um ou dois dias, voltadas para o lazer, descanso e cultura. Passeio do tipo em que se vai cedo, almoça e volta ao final do dia ou no dia seguinte comum pernoite.

Algumas cidades e localidades possuem um rico acervo natural, cultural e turístico, que podem ser visitadas mais de uma vez. Consistem numa ótima opção de passeio para os habitantes de Belo Horizonte, das cidades Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e excelentes opções de cartão de visitas quando formos anfitriões de alguém de fora de Minas Gerais.

Na região da Grande BH existem municípios com mais historia do que a capital e que foram importantíssimos na construção das Minas Gerais e que, pela proximidade de Belo Horizonte, de certa forma, sucumbiram à correria da população da metrópole.

Uma cidade muito interessante, distante67 km de Belo Horizonte, onde se chega, principalmente, pela Br040 (sentido Brasília), mas pode ser acessada pela MG424 é a próspera Sete Lagoas. Já foi citada anteriormente neste blog pois nela está localizada a Gruta Rei do Mato.

Sete Lagoas

A cidade tem muita história e evoluiu, consideravelmente, após a construção e posteriormente duplicação da BR040 desde Belo Horizonte. Tem muitos atrativos turísticos e culturais e devemos ir direto a eles.

Paulino, Boa Vista, José Félix, Cercadinho, Matadouro, Catarina e da Chácara. Estes sete nomes indicam as sete lagoas que tornaram a cidade conhecida como a “Terra das Lagoas Encantadas”.

Todas tem suas peculiaridades, entretanto, a Lagoa Paulino, localizada bem no centro da cidade, tem seus principais bares e restaurantes. Aos finais de semana é montada na lagoa feira de artesanato e comidas tipicas.

Serra Santa Helena

Distante apenas sete quilômetros do centro da cidade, a Serra de Santa Helena está 400 metros acima da cidade e proporciona uma belíssima vista da cidade e, ao fundo, as serras do Curral e da Piedade.

Possui uma capela, construída em 1852 e conhecida como Igrejinha de Santa Helena.

A serra ainda é utilizada como plataforma de saltos para voo livre e outras modalidades similares.

Parques

Além das lagoas, dois parques na cidade possuem completa infraestrutura para passeios e turismo dos habitantes da cidade e visitantes. Os parques da Cascata e Náutíco da Boa Vista possuem ótima estrutura sendo que o Náutico da Boa Vista está equipado para receber eventos culturais de variadas naturezas.

Museus

Uma construção do século XVIII, localizada próximo à Catedral, abrigao Museu Histórico Municipal, onde o visitante pode ver o acervo de peças ligadas ao tempo da escravidão, além de fotos  documentos da época da formação da cidade.

Embora não seja um grande museu para os padrões de museus de grandes máquinas, o Museu Ferroviário de Sete Lagoas é dos melhores em pontos da extinta RFFSA. Ferramentas, objetos de época e um antigo vagão, são peças interessantíssimas.

Nhô Quim Drumond

Assim como o Museu Histórico, um casarão abriga o Centro Cultural Nhô Quim Drumond. Nele são preservadas todas as características da cultura sete-lagoana. As tradições da música, dança e religiosidade mineira são mostradas neste espaço com autenticidade e beleza. Destaque para registro do Congado e suas guardas fundadas há mais de 100 anos, inclusive de descendentes diretos de Chico Rei.

Sete Lagoas merece uma visita de dois dias. Só para a cidade, sem Gruta Rei do Mato e outras atrações nas cidades vizinhas. Tem estrutura hoteleira e de alimentação, além de serviços e atendimento completas. Se for num final de semana, é possível encerrar o passeio vendo um jogo na Arena do Jacaré, ou aproveitar um jogo na Arena do Jacaré para visitar atrações na cidade, como fiz várias vezes.

Imagem: UFO Imagens Aéreas

 

1 comment for “Passeio bate e volta a partir de BH (29)

  1. 01/01/2017 at 23:17

    Aproveitei a semana entre o Natal e o Ano Novo para fazer visitas às Grutas do Maquiné, do Rei do Mato, às cidades de Sete Lagoas, Cordisburgo, Inhaúmas, Cachoeira da Prata.
    Fiquei altamente decepcionado com a Gruta do Maquiné.
    Fiquei altamente gratificado com a Gruta Rei do Mato.
    As cidades de Sete Lagoas terá atualização de seu post, as cidades de Cordisburgo, Cachoeira da Prata e Inhaúmas terão posts publicizados em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.