Fazenda da Vargem - Nova Era (MG)

Passeio bate e volta a partir de BH (30)

Inspirado em um artigo do site cultural sobre Minas Gerais, resolvi construir roteiros de passeio e recomendá-los aos leitores do blog. Atividade de um ou dois dias, voltadas para o lazer, descanso e cultura. Passeio do tipo em que se vai cedo, almoça e volta ao final do dia ou no dia seguinte comum pernoite.

Algumas cidades e localidades possuem um rico acervo natural, cultural e turístico, que podem ser visitadas mais de uma vez. Consistem numa ótima opção de passeio para os habitantes da Belo Horizonte, das cidades Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e excelentes opções de cartão de visitas quando formos anfitriões de alguém de fora de Minas Gerais.

Na região da Grande BH existem municípios com mais historia do que a capital e que foram importantíssimos na construção das Minas Gerais e que, pela proximidade de Belo Horizonte, de certa forma, sucumbiram à correria da população da metrópole.

Nova Era

Localizada a menos de 140 km de Belo Horizonte, onde se chega pela Br381 (sentido Governador Valadares), esta localizada Nova Era. Dois bandeirantes, em exploração das riquezas das Minas Gerais, acabaram por se perder no sertão desconhecido. Lugar inóspito, perdido em imensidão, desgarrado das trilhas da Estrada Real, possivelmente para fugirem da derrama imperial. Incluída do chamado Circuito do Ouro de Minas Gerais.

Típica cidade do interior mineiro com suas cachoeiras, rios, atrações culturais e turísticas tradicionais. Inicialmente São José da Lagoa, com vínculos às freguesias de Rio Piracicaba, Caeté, Santa Bárbara, Antônio Dias e Itabira até tornar-se paroquia independente.

A cidade possui estrutura de alimentação, acomodação e atendimento suficiente para atender aos visitantes, inclusive em época de suas festividades culturais, religiosas e históricas.

Gruta de São José da Lagoa

Situada às margens da Br381, inaugurada em 19 de março de 1966. Está localizada em uma encosta de um sítio histórico da Lagoa que lhe dá o nome e foi topônimo original da cidade.

Fazenda da Vargem

Patrimônio histórico e cultural integrante do patrimônio público municipal desde o ano de 1977. É dos atrativos que mais atrai os visitantes na cidade. Tombada por seu valor histórico, arquitetônico, afetivo e simbólico. Construída no período colonial, na primeira metade do século XIX, era entreposto comercial e manteve atividades de produção agropecuária, cafeeira e de açúcar, movida à mão-de-obra escrava. Tem no casarão principal com mais de 40 janelas sua principal atração.

Museu de Arte e História

Criado em 12 de março de 1970, o espaço reúne peças de várias procedências  e  documentos relacionados à memória do município. O acervo foi constituído em sua grande maioria, por doações de famílias novaerenses.

Ponte Benedito Valadares

Após ser São José da Lagoa, o município foi emancipado como Presidente Vargas, em 1938. Sua primeira grande obra foi inaugurada dois anos depois com a presença do presidente da república, do governador do estado, que lhe emprestou o nome, e serviu para ligar a próspera cidade ao mundo, do outro lado do rio.

Uma ponte de 86 metros, com dois arcos, um de cada lado da ponte, que transpassam de um lado a outro, ajudando a suportar o peso. O vão entre arcos mede 60 metros. Foi reformada e mantida com quase toda a sua estrutura original.

Igreja Matriz

Construída no século XVIII tem altar-mor de Francisco Vieira Servas, escultor e entalhador da época de Aleijadinho. A pintura do teto da Matriz São José, documenta o estilo rococó, na transição do séculos XVIII para XIX.

Possui interior com exuberante decoração em ouro; conjunto de talhas e pinturas dos séculos XVIII e XIX, estilo rococó que impressionam; e belíssima imaginária.

Apresenta uma curiosidade arquitetônica incomum,  em um de seus altares colaterais o camarim é subdividido em dois níveis que recebem Santana Mestra e São Francisco, sem similar no Brasil.

Cachoeiras (Fonte: Prefeitura de Nova Era)

Cachoeira da Prainha

A Cachoeira da Prainha fica a apenas 15 quilômetros de Nova Era. Está em um local bem arborizado, com uma queda d’água que permite aos banhistas uma incrível massagem. É um excelente destino para aproveitar com toda a família.

Cachoeira da Pedra Furada

Por último, mas não menos encantadora, a Cachoeira da Pedra Furada, também em Nova Era, pode ser um excelente destino para fechar esse incrível roteiro. Ela recebeu esse nome por causa da água que tanto bateu na rocha que acabou criando um furo. A cascata, ao contrário da Cachoeira Alta, tem apenas dois metros de altura, com água pura e cristalina, propícia para o banho. As margens são compostas por eucaliptos, quaresmeiras, samambaias e diversas flores do campo, que deixam o lugar ainda mais belo.

Imagem: Albany Dias

Atualizado em 4mar2017

2 comments for “Passeio bate e volta a partir de BH (30)

  1. Carlos Almeida
    29/08/2016 at 13:18

    Morei 10 anos em Nova Era. Acrescentaria como ponto turístico a lagoa de São José que segundo consta a lenda, matou a sede dos sedentos Bandeirantes Antônio Dias e irmãos Camargos no dia de 19 de março de 1703, dia de São José, do qual originou o nome do local São José da Lagoa, seguindo até a sua emancipação. Homenagearia dois cidadãos que moram na cidade, os irmãos Helvécio e Fernando Alsandálio que são museólogos, escritores, poetas, compositores, escultores, pintores, engajados na política, história novaerense e em quase tudo que se refere a arte. Muito da preservação destes pontos turístico se devem a eles. Deveriam também, se é que fosse possível, ter sido professores, pois a cidade ganharia ainda mais.

    • 30/08/2016 at 09:01

      Carlos, tenho conhecidos em Nova Era e região. Faço o seu registro sobre a Lagoa. Estes posts se prestam mais a mostrar as cidades e lugares pouco “badalados”, e que podem ser visitados em um final de semana, a partir de BH. A ideia é esta… quem é do lugar contribui com atualizações, inclusões, correções para que a cidade/localidade passe a estar num roteiro possível de se fazer e que traga a cultura e história da região. Em uma próxima atualização incluirei a Lagoa e os espaços públicos vinculados à ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.