Cachoeira do Campo

Passeio bate e volta a partir de BH (33)

Inspirado em um artigo do site cultural sobre Minas Gerais, resolvi construir roteiros de passeio e recomendá-los aos leitores do blog. Atividade de um ou dois dias, voltadas para o lazer, descanso e cultura. Passeio do tipo em que se vai cedo, almoça e volta ao final do dia ou no dia seguinte comum pernoite.

Um passeio bate e volta deste post tem muita história. Aliás, a região e os distritos de Ouro Preto são uma grande parte da história de Minas Gerais e do Brasil. Fazem parte de circuitos históricos de turismo como Estrada Real e Circuito do Ouro de maneira definitiva. Cachoeira do Campo é uma destas localidade. Intensa e histórica.

Vila colonial

Dos distritos de Ouro Preto é, talvez, o mais organizado. Embora não tenha ligação direta com a mineração, era o local onde o morador de Vila Rica fugia do alvoroço da capital. Por volta de 1710 desenvolveu-se como centro de provisão de alimentos de Vila Rica.

Matriz

A Matriz de Nossa Senhora de Nazaré, construída por volta de 1726, possui riquíssimo acervo e ornamentos. Sua beleza e imponência se mantiveram mesmo após o distrito perder sua verve colonial.

Quartel e Convento

Um quartel que existia na Vila foi transformado, em 1896, no Colégio Dom Bosco, local aprazível e onde os padres mantiveram um internato com ensino regular para meninos, transformando-se em escola agrícola. É utilizado para  encontros empresariais, reuniões e convenções. O terreno do colégio abriga a cachoeira que deu nome ao distrito.

O antigo palácio dos governadores foi transformado, em 1811, em internato para meninas, pelas irmãs salesianas. Atualmente abriga o colégio Nossa Senhora Auxiliadora e o Retiro das Rosas e funciona como o Colégio Dom Bosco nas atividades para visitantes.

Atrativos

Devido a localização no meio do caminho para Ouro Preto e Mariana, saindo de BH ou da BR040, Cachoeira do Campo recebe muitas visitas de ocasião. Turistas e visitantes que nunca tinham ouvido falar no lugar. Tem boa infraestrutura para passeio de um dia. Restaurantes, pousadas e artesanato.

As panelas de pedra de Cachoeira do Campo ganharam destaque nacional e são motivação para vários turistas do Circuito do Ouro e Estrada Real fazerem a parada no local.

Adicionalmente, é comum em finais de semana e feriados ambulantes venderem jabuticaba, mexerica, laranja e outros produtos à beira da estrada.

Como chegar

Não tem erro, saindo da BR040 em direção a Ouro Preto, Cachoeira do Campo,localizada a 76 km da capital, é parada obrigatória pois Seus quebra molas farão você diminuir a velocidade do carro até quase parar. O movimento de veículos é grande, não existem condições de ultrapassagem fácil.

Vários ônibus saindo de BH passam pela localidade, mas existe dificuldade em voltar nestes ônibus. Recomenda-se veículo próprio para não depender de transporte público.

Imagem: Urbaville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.