SUS Universal

SUS, muito obrigado !

26 anos de SUS

Há 26 anos atrás, de acordo com a Lei 8080/90 , passamos a ter aquilo que hoje conhecemos com SUS ( Sistema Único de Saúde ), ainda que renegado por muitos hoje em dia.

 

LEI Nº 8.080, DE 19 DE SETEMBRO DE 1990

Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

Art. 1º Esta lei regula, em todo o território nacional, as ações e serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de Direito Público ou Privado.”

Naquela data eu tinha pouco mais de trinta anos, plano de assistência médica pago pela empresa, cobertura para dependentes, com direito a apartamento. Por outro lado, adotei a bandeira da aprovação da lei porque, enquanto sindicalista, a universalização dos serviços de saúde, pelo poder público, era necessária e urgente. Portanto, tinha que pensar e agir além do próprio umbigo como faz a maioria.

SUS, obrigado

Contudo, em meados de 2012, pouco depois de sair do setor público pude sentir a importância do SUS na própria pele . Em menos de três meses de independência profissional, fui vítima de um acidente grave; Uma dúzia de cirurgias, quase sessenta dias intercalados de leito hospitalar, nove meses de cama e visitas diárias de uma excepcional técnica de enfermagem. Após mais de três anos afastado vivendo com Auxílio-Doença, atendimentos, consultas e a recuperação pelo SUS, a realidade estava exposta.

A enfermeira que cuidou de mim olhou algumas vezes e deve ter pensando ( na realidade ela verbalizou, mas prefiro romancear a situação ) que se eu estivesse sob os cuidados de algum plano de assistência médica, a minha perna estaria amputada.

Agradeço a todos médicos, enfermeiras, técnicas de enfermagem, fisioterapeutas, atendentes e outros profissionais que o SUS colocou à minha disposição para que eu prosseguisse com a minha recuperação.

PEC 241

Em 13/09/2016, uma Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição ( PEC ) nº 241-A, de 2016, do Poder Executivo, que ” altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Novo Regime Fiscal ” ( PEC 241/16 ) encerrou o prazo para emendas ao projeto. Surpreendentemente, foram apresentadas 22 emendas, a maioria com objetivo de retirar direitos e consolidar a precarização do Sistema.

A PEC 241 está aguardando para ter suas emendas votadas e avaliadas de acordo com interesses de poucos e para prejuízo de muitos. Qualquer brasileiro tem direito ao SUS. Muitos que pagam caro por seus planos de saúde, em alguns casos, são melhor atendidos pelo SUS. A mídia não mostra casos como o meu e de tantos outros que encontrei nas enfermarias e blocos cirúrgicos pelos quais passei.

Com toda a certeza, a população brasileira está anestesiada com o quadro político e aceita passivamente as mudanças que estão ocorrendo. Infelizmente, a maioria absurda dos congressistas, especialmente da Câmara dos Deputados, estão mais preocupados em consolidar o golpe que protagonizaram. Em outras palavras, estão dedicando tempo às eleições e ignorando PEC que retira direitos e garantias do cidadão.

Saúde não é, decerto, mercadoria para ser “contrabandeada” em projeto de lei que deveria tratar de Regime Fiscal.

Dura Lex

Nem sempre a lei é dura, embora eu não tenha a mínima esperança que este povo no Poder respeite as leis ( ver ” Presunção de inocência violentada ” ). Portanto, acredito que um dia os brasileiros irão “acordar” e defender o SUS com unhas e dentes, como se desta defesa dependesse a vida de cada um.

Você sabia ?

 

10 coisas sobre o SUS

10 coisas sobre o SUS

 

Imagem: SUS / Divulgação

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referem-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

 

6 comments for “SUS, muito obrigado !

  1. Maria Celeste Gonçalves Campos
    19/09/2016 at 22:56

    Caro Evandro, o SUS é bom, mas poderia ser melhor. Ele é perfeito no papel. Sua gestão, porém, é política em muitos casos. Trabalho num grande hospital publico e o cargo diretivo, vez por outra, tem o dedo do deputado A ou do prefeito B. Acho tambem que ele assume obrigações que não deveriam ser dele. Uma delas é a realização de exames de DNA para identificacão de paternidade. A indústria dos mandatos judiciais, obrigando o a importar medicamentos caros, próteses ou bancário tratamentos no exterior também arrebentam com o sistema.

    • 22/09/2016 at 17:08

      Dra. Celeste, não sei ou tenho minhas dúvidas se “arrebentam sistema”. Veja, por exemplo, a Máfia das próteses que já havia sido desbaratada no RS e agora no DF. Será que Outros estados não tem? Será que os planos de saúde estão arrebentados por causa das fraudes destas máfias? Então penso que o SUS é perfeito no papel e poderia ser na prática, caso médicos, fornecedores,dirigentes e outros fossem mais humanos e menos gananciosos.

  2. Carlos Almeida
    19/09/2016 at 23:52

    Evandro, sempre fiz uso de plano de saúde e continuarei fazendo. Conheço uma pessoa que teve um AVC e faz tratamento com um cardiologista no SUS num centro de especialidades. As consultas e os retornos das consultas são automatizados, lugar confortável, atendimento dentro do horário marcado, e remédios gratuitos. Quando necessário, ela passou por neurologista, psiquiatra e oftalmologista. Se a pessoa se organizar, terá um bom atendimento. O curioso, é que mesmo assistindo essa experiência, ainda não via o SUS com bons olhos. Percebo que é por ouvir comentários e “propagandas” preconceituosas. Claro que tem problemas, mas enxerguei um outro lado que as pessoas escondem.

    • 22/09/2016 at 17:12

      Carlos, posso afirmar que nunca fui preconceituoso e fico distante, em quase todos os temas, sobre esta mídia, o que ela divulga e o que as pessoas compartilham e “curtem”. Não farei a pesquisa, mas se alguém fizer, constatará que mais de 95% das pessoas que falam mal ou disseminam as notícias da mídia falando das mazelas do SUS (SIM, Existem !) nem sabem onde fica o SUS mais próximo.
      Infelizmente, conheço pessoas que não tem condições de pagar R$1mil de plano médico, faz até coisas erradas para pagar, mas prefere ser mal atendida num apartamento de plano do que ser bem atendida numa enfermaria do SUS.

  3. Carlos Almeida
    20/09/2016 at 11:57

    … ou que a gente não quer ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.