Fla Flu da Política

O Fla-Flu que estamos vivendo

Desde 2014, aliás bem antes, quando perdedores das eleições municipais de 2012 não aceitaram a derrota e começaram a fazer oposição pela oposição, levando o candidato que representava esta insatisfação a perder a eleição presidencial de 2015 e seu partido ver esfacelar sua hegemonia em vários locais, que estamos vivendo numa espécie Fla-Flu da política.

A coisa ficou esquisita e complicada, um pouco antes da eleições presidencial, e acirrou-se após outubro. Muito deste clima beligerante se deve ao uso intensivo das redes sociais, o que não aconteceu na eleição de 2010 pois os próprios candidatos não sabiam ou eram mal assessorados em como usar as redes sociais antes, durante e depois de eleito (ou derrotado).

O Fla-Flu vai acirrar.

Hoje o país está dividido:

Antipetistas: São aqueles que dizem ser contra a corrupção, mas só postam coisas contra o PT.Nem importa muito a origem do que postam, na maioria dos casos é reprodução de alguém não-confiável. Estes tem a convicção de qe Lula sabia de tudo, é culpado de tudo, que a Dilma é igual a ele e não interessa se acusação ou indiciamento são anteriores ao julgamento. Tem opinião formada e pronto.

Esquerdistas fanáticos: pessoas e grupos que defendem posicionamentos de esquerda e tem a certeza que existe desvirtuamento das acusações ou acusações falsas. Lula é inocente, juízes e promotores estão fabricando provas.

Questionadores e Céticos: Não excluem a hipótese de que Lula ou qualquer outro político do país possa ter cometido delitos e até crimes que exigiriam a renúncia. São incrédulos e estranham quando velhos políticos, com provas e evidências suficientes estão soltos e somente políticos do PT estejam presos, (em alguns casos nem julgados foram!).

Isentões: Assim como os antipetistas, arrotam que querem todo mundo preso, atacam os petistas, escondem-se atrás de textos falsos e apócrifos, nunca se manifestam contra seus candidatos e políticos preferidos no passado e no futuro e ainda pensam que podem questionar qualquer um. Defendem seus interesses pessoais e ficam com vergonha ao ver que um “aliado” de semanas atrás está sendo denunciado e pode ser preso A qualquer momento. Geralmente, adoram árbitros e juízes e posam de autoridades acima do bem e do mal.

Mas não se enganem com isentões. São a parte mais perigosa e adoram ficarem cima do muro esperando para que lado o vento vai ficar mais favorável.

Não ligo para o que me classificam. Fico como narradores vendo a briga dentro e fora de campo e vendo o país se ferrar. Tudo que foi construído, e até mesmo o que foi desconstruído, está se pulverizando. Mas como foi isto que a maioria pediu que os congressistas fizessem, estamos bem encaminhados. E não sabem, nossos congressistas, nem o que fazer caso o presidente golpista perca o cargo em 2017.

Imagem: UOL Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.