Empreendedorismo x Picaretagem

Crise: Empreendedores despreparados (11)

A ideia desta série de posts com este tema é apresentar situações que todo empreendedor ou candidato a patrão deveria parar e pensar, antes de sair culpando os outros pelas dificuldades de um negócio próprio.

Deixar a carteira de trabalho pra trás e empreender ou virar patrão exige muito mais do que conhecimento do ramo. Aliás, a maioria dos que aventuram no mundo do patronado se dão mal no ramo que julgam conhecer. Quem se dispõe a aprender, a entender o que é gestão, aumentam as chances de não naufragar. Mas existem os casos de empreendedores que navegam na onda de um bom negócio e, de repente, não conseguem se manter, ou o negócio é pequeno demais para as pernas do empreendedor.

Picaretas

No Brasil de hoje, o grande problema é que qualquer picareta, qualquer oportunista que aproveita as “modinhas”, se acha um empreendedor. Quem paga o pato é o consumidor que não sabendo distinguir gato de lebre, vai na onde de publicidade e propaganda enganosas.

É muito difícil reconhecer picaretas, especialmente na prestação de serviços. A maioria que fica desempregada, ou os que estão empregados e resolvem fazer um “bico”, podem registrar sua microempresa individual (conhecida como MEI), ganhar um CNPJ, iniciar no mundo da sonegação e má prestação de serviços.

Os golpes e golpistas estão inovando e se proliferando. Para ser um empreendedor de respeito, deve-se tomar muito cuidado para não ser confundido com picaretas. Na maioria dos casos, o consumidor procura preço baixo (que vai custar caro).

Empreendedor

O pequeno empreendedor deve observar, antes de tudo, a qualidade do produto e serviço que vai entregar ou realizar. É muito comum ótimos profissionais, em suas especialidades, mudarem completamente de atividade profissional e se darem muito bem. Depende de planejamento e interesse em estudar, pesquisar, aprender.

Na maioria destes casos, uma consultoria ou associação com quem domina o novo ramo de atuação é fundamental. Sem considerar os picaretas (exemplos fora da curva normal do empreendedorismo), a maioria dos casos de fracasso ao se empreender deve-se ao despreparo no conhecimento e domínio das novas atividades.

É normal e compreensível que um empreendedor que muda completamente de ramo opte por uma franquia ou um negócio novo, construído do zero e com tudo “novinho”. Pode não ser a melhor opção. Se você sai de um banco e quer trabalhar com restaurante, pode ser que a melhor opção seja adquirir um restaurante em funcionamento e depois avaliar o crescimento ou construção de um novo negócio.

Novos negócio exigem alto investimento e capital de giro inicial que nem sempre são planejados e previstos. Raramente alguém começa um negócio que “não existe igual”. As variações são possíveis, mas sempre haverá  um negócio similar que jpa funciona e deve ser usado de paradigma. Está se tornando impraticável a disputa por prestação de serviços e venda de produtos com picaretas e sonegadores. Planejamento e preparação são vitais.

Consultoria

Sempre que estiver com problemas, ao menos converse com um terceiro não envolvido no problema. Troque ideias com fornecedores de confiança, converse com clientes que vacilam na renovação de contratos. Ser transparente com quem merece é o princípio básico. Virar as costas para os problemas não fazem com que se resolvam.

Charge: Amarildo

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator), só assim ele, e muitos outros, conseguirão prosseguir com o tratamento e ter esperança numa melhoria e retomada da normalidade.

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Banco de Sangue – Hemoter

O Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Telefone: (31) 3295-4584

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.