Singularidade - Ponte de Einstein-Rosen

Singularidade, Alienígenas e Minhocas

Precariat

Você aí, crente que está no auge da tecnologia, sabe tudo né… Está sentado? Então prepare-se. No dia primeiro de janeiro falei sobre o início dos “Anos Precariat” e você nem tchum … Aposto que nunca ouviu falar sobre Singularidade, quanto mais singularidade tecnológica, eu demorei algum tempo para associar o termo principal e seu complemento, mas vou avançar.

Singularidade Tecnológica

Conforme o Wikipedia, baseando-se em avanços nas áreas da informática, inteligência artificial, medicina, astronomia, nanotecnologia, genética e biotecnologia (ufa!), estamos avançando.

E, de acordo com vários estudiosos, a humanidade (planeta Terra) irá ultrapassar algo denominado singularidade tecnológica. Estes estudiosos defendem que este momento da Singularidade é de impossível previsão. Coisas que, surpreendentemente, fariam as previsões e estudos de Tales de Mileto, Galileu, Newton e Da Vinci parecerem brincadeiras ultrapassadas.

Cientistas como Vernor Vinge e Raymond Kurzweil (anotem estes nomes) e até mesmo filósofos (quem diria!) afirmam que a singularidade tecnológica será um evento semelhante ao aparecimento da inteligência humana ou da escrita na Terra. Certamente, os mais simplórios na definição indicariam que a Singularidade Tecnológica seria a quarta revolução. Depois da Revolução Industrial e da Revolução Informacional que vivemos, viria a Singularidade Tecnológica.

Singularidade e Alienígenas

Contudo, alguns meses atrás, o físico Brian Cox apresentou, em seu programa de TV, aquilo que pode ser o verdadeiro motivo por trás da desafiadora questão astronômica. Se existem milhões de planetas com possibilidade de vida inteligente, por que até hoje nenhum deles resolveu fazer contato com terráqueos? (exceto os de Varginha-MG).

Segundo ele, qualquer vida inteligente entra em um processo de destruição para evoluir. Alguma coisa parecida com a reengenharia na administração de algumas décadas atrás. Segundo o professor a mesma tecnologia que coloca smartphones mais avançados a cada mudança de estação, produz malefícios que estão sendo sentidos por poucos e ignorado por muitos.

Dessa forma, o professor Cox e outros cientistas acreditam que vidas com inteligência superior estariam esperando os terráqueos evoluírem bastante para “trocar figurinhas”. Segundo estudiosos, políticos, pregadores e outros “donos” do planeta Terra, todos deveriam começar a pensar como cientistas, trabalhar mais com evidências, filosofia e ideologias, ao invés de tentar vender incertezas do futuro. É incrível como as pessoas não acreditam nos cientistas na medicina, na tecnologia e, por outro lado, apegam-se a dogmas e preconceitos infinitos.

Portanto, precisamos, mais do que nunca, chegar perto dos alienígenas que nos observam de longe.

Buraco da minhoca

Em outras palavras, resumindo algo muito complexo: o mundo divide-se em dois problemas, que não se combinam e devem ter resoluções separadas. Um dos problemas é a questão da Relatividade Geral. O outro problema é a Mecânica Quântica. Einstein tentou unificar estas duas coisas e falhou, miseravelmente (DESCULPE EINSTEIN!) (1)

Um físico de Stanford tem uma teoria (cadê as provas?) com o propósito de resolver a questão indicada. A ligação das famílias da física estaria resolvida com o que denomina-se “buraco da minhoca” (o nome técnico é “ponte de Einstein-Rosen” que desenvolveram suas teorias separadamente e esta ponte uniria as duas físicas) e que ligaria dois lugares no espaço-tempo.

Uma turma do Caltech teve a mesma percepção. Juntando tudo, da singularidade ao Buraco da Minhoca e o Entrelaçamento Quântico, teremos um salto no espaço-tempo que colocará muitos engenheiros e suas réguas de cálculo no fundo de um buraco negro, para sempre.

Enfim, para aqueles que não ficam esperando desígnios divinos, ou pensamos diferente ou esperamos para ver e diremos: EU AVISEI ou MAKTUB !

(1) Recomento o documentário sobre Einstein, exibido pelo Discovery Channel.

 

Imagem: Revista Galileu

 

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários, ou na página do Facebook, associada a este Blog.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

2 comments for “Singularidade, Alienígenas e Minhocas

  1. Murilo Prestes
    01/12/2018 at 08:17

    Coisa linda Professor! Escrita de ouro, parabéns.

  2. 09/06/2020 at 13:32

    Obrigado, Murilo !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.