Bombom Serenata de Amor com Larvas

Operação Serenata de Amor

Sou daqueles que não desiste (em certos casos, desisti). Entretanto, quando vejo alguém que demonstra ter bons propósitos, aposto. Em tempos recentes, tenho ficado muito desanimado com algumas gerações posteriores à minha. Muita gente preguiçosa, muita gente incompetente, cheio de gente que chamo de “dicionários”. Querem o sucesso ANTES do trabalho. Einstein já disse: Sucesso (Sucess) antes de Trabalho (Work) só em dicionários. No caso do Brasil, Einstein atirou no que viu e acertou no que não viu. Adicione-se a esta regra, o fato de que no Brasil, espertalhões burlam esta regra.

Financiamento Coletivo

Alguns meses atrás acreditei num projeto que buscava financiamento para que os cidadãos tivessem uma noção da importância de uma lei. A chamada Lei de Acesso à Informação (LAI), dá acesso aos cidadãos de todas informações que eles quiserem saber do setor público. Não importa de Legislativo, Judiciário ou Executivo.  E o administrador público, se não fornecer a informação, é obrigado a responder porque não a fornece.

O projeto denominado “Operação Serenata de Amor” se propõe a construir códigos que “garimpem” informações públicas e as organizem. A fase inicial se propunha a vasculhar as despesas feitas por deputados federais e que, a uma primeira olhada, não levantariam suspeitas mas que, olhando por alguém capaz de fazer um algoritmo investigativo, poderia suscitar questionamento e, quem sabe, devolução ao erário do gasto, se irregular.

Rosie

Rosie é um robô (para quem lembra dos Jetsons em desenho animado, nem precisa explicar) que verifica as despesas e faz perguntas, muitas perguntas. Rosie está aprendendo como gastam, com o que gastam, para que gastam dos deputados que pedem reembolso. A lógica da Rosie é de que, eles ganham tão bem, tem verbas até para contratar alguém para lamber selos de correspondência e ainda pendem reembolso?

Pois o trabalho rende frutos e explicações engraçadas (vamos dar a todos o benefício da dúvida).

Em janeiro, num mutirão de investigação de apenas 5 (Cinco) dias, foram abertos 587 chamados para a Câmara dos Deputados, questionando 971 reembolsos de 216 deputados diferentes. Destes 587 chamados/denúncias/questionamentos apenas 62 foram respondidos (A LAI determina que qualquer resposta, até empurrar com a barriga, deve ser efetuada em menos de 30 dias), logo, a Câmara descumpre a Lei.

Das 62 chamadas respondidas, 36 (mais da metade) gerou RESTITUIÇÃO do dinheiro pedido como reembolso. Um total de R$3.253,25. Ou seja, de grão em grão, conseguiremos mostrar que o problema do país está na manutenção de bandidos no Congresso ou em outros poderes com SEU voto (excetuam-se quem, covardemente, não vota – estes se escondem e deixam bandidos tomarem conta).

Mas Rosie provoca algumas questões curiosas. Determinado parlamentar, não concorda que a despesa tenha sido feita fora dos regulamentos e justifica dizendo que: “esqueceu de pegar as notas várias vezes e foi lá e de uma vez pegou a nota referente aos “esquecimentos”.

Apoio

Afirmo, sem medo de errar, este foi mais um projeto de financiamento coletivo (crowndfunding) que participo e que é exitoso do começo ao fim. Parabéns aos executores do projeto que ao darem transparência ao mesmo, demonstram que é possível, inclusive, fiscalizar quem não cumpre a lei. #TamosJuntos !!!

Veja tudo da “Operação Serenata de Amor“.

Imagem: Reprodução Bombom Serenata de Amor com problemas

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator), só assim ele, e muitos outros, conseguirão prosseguir com o tratamento e ter esperança numa melhoria e retomada da normalidade.

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Banco de Sangue – Hemoter

O Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Telefone: (31) 3295-4584

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.