Conto do Vigário - 171

A tecnologia e o conto do vigário

Conto do Vigário

Existem três versões para o surgimento da expressão “conto do vigário”, popularmente conhecido como o “171”. Uma diz sobre disputa entre duas paroquias em que um os vigários puxou a perna em outro. A segunda diz que trapaceiros, dizendo-se herdeiros de um vigário, enganaram incautos. Uma terceira refere-se a personagem de Fernando Pessoa que aproveitando-se da ganância dos outros levava vantagens indevidas.

Certo é que o conto do vigário ganhou ares tecnológicos e continua se aproveitando da ideia de que todo dia sai um jacu de casa.

Caso Trump

Trump em discurso político, defendeu suas restrições a estrangeiros fazendo referência (inventou criminosamente) a um suposto incidente na Suécia. O governo da Suécia pede explicações. Trump e sua trupe, preferiram jogar a responsabilidade na mídia. Pegadinha? Armadilha?

Caso FGTS

Sites sobre o calendário de resgate de contas inativas pulam na frente de todos que pesquisam no Google. O Google não tem o mínimo controle sobre a veracidade e confiabilidade destes sites. Alguns deles estão pedindo dados dos contribuintes do FGTS e existe a possibilidade de que vários deles sejam prejudicados. Pegadinha? Armadilha?

Caso Facebook

Após ter sido alvo de críticas gerais, por deixar divulgar, durante a campanha estadunidense, muitas notícias falsas, a maioria favorável ao atual presidente, o Facebook anunciou que estará tomando medidas protetoras e de verificação para notícias falsas. Não consegue sem a ajuda de seus usuários sérios. Está em apuros pois alguns países, como a Alemanha e França, estão de olho.

Caso ISTOÉ

Órgãos da mídia tupiniquim perderam o controle. A capa da revista ISTOÉ é prova definitiva. A Folha de São Paulo / UOL está promovendo campanha de esclarecimento que mostra, um pouco e bem superficialmente, como funciona a fábrica de títulos sensacionalistas e matérias absurdas que muitos ficam compartilhando sem ao menos desconfiarem que se trata de mentira.

Vai vendo …

O certo é que mais e mais pessoas, compartilham mentiras e acreditam nelas. É dos malefícios destas redes sociais. Na ânsia de quererem mostrar que sabem mais, que são mais informados, e de buscar alguma credibilidade, sociopatas expõe a tudo e a todos, constituindo-se um campo fértil para psicopatas e criminosos de verdade. A justiça, coitada, ainda nem entendeu direito o que significa crimes tradicionais praticados com armas virtuais. O crime continua o mesmo, a arma tem mudado e nem a presença física é mais argumento para defender criminosos. Coitados dos tolos que acham que para cometer um crime tem que ocorrer alguma ação presencial ou física. Pobres moços !

Imagem: Reprodução Internet

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator), só assim ele, e muitos outros, conseguirão prosseguir com o tratamento e ter esperança numa melhoria e retomada da normalidade.

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Banco de Sangue – Hemoter

O Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Telefone: (31) 3295-4584

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.