Terceirização e Precarização

Precarização e Terceirização ampla, geral e irrestrita

Reforma

Os trabalhadores dormindo e o Congresso, eleito em sua maioria por trabalhadores iludidos, votou a aprovação de legislação que libera a terceirização ampla, geral e irrestrita, para o setor privado e o setor público. Precarização é somente o que vem por aí e, surpreendentemente,  não adianta protestar pois muitos defendem a escravidão.

É o fim !

Precarização e Terceirização

Por outro lado, vemos que o termo Terceirização, de solução para gestão de empresas, transformou-se em válvula de escape para administradores incompetentes no gerenciamento de atividades meio de suas organizações.

… em média um trabalhador terceirizado trabalha três horas a mais por semana e ganha 27% menos que um empregado direto…

DIEESE

 

… não fale em crise, trabalhe ! …

Michel Temer

Enfim, estes tipos de definição não passam de falácias que os governantes conseguem impor aos trabalhadores.

Casuísmos

Desse modo, quem comandou o desmanche dos direitos trabalhistas e precarização de todo e qualquer trabalho, dos setores público, privado e até terceiro setor é o presidente da Câmara de Deputados. O gajo, segundo na linha sucessória do país, investigado em diversos processos e operações contra corrupção é o artífice do mal. Em outras palavras, o que esperar de uma besta do apocalipse, que declarou, recentemente, que a Justiça do Trabalho nem deveria existir.

Certamente, os golpistas que tomaram de assalto o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional, com ajuda prestimosa do Superior Tribunal Federal (STF) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estão fazendo o que querem do país. Com efeito, a retirada de DIREITOS está escancarada e segue a pleno vapor, a precarização é somente questão de tempo. A reforma da Previdência, associada a mais de duas dúzias de projetos de Lei que aniquilam direitos e benefícios relacionados aos trabalhadores comuns, não passa nem perto de servidores do Poder Legislativo e Judiciário, devidamente protegidos.

Adeus Querida !

Sabe aquele “adeus querida” que foi ouvido nas ruas pouco tempo atrás? Então, chegou agora; adeus Legislação Trabalhista. Sabe quando volta? Vai rezando para a terceirização não virar uma precarização ampla, geral e irrestrita.

Entretanto, uma das leis esbarrou no Senado, e o que fez o ajudante de feiticeiro que comanda os Deputados? Retirou da gaveta um projeto de Lei de 1998, que foi aprovado e que terá alguns vetos e alterações. Daí o “golpisto” pega as duas leis (uma que está agarrada no Senado e outra aprovada na Câmara), faz um CRTL-V, CRTL-C e outras “mágicas” e monta duas leis em uma, que sepulta vários pontos da legislação trabalhista numa canetada só.

E toma publicação no Diário Oficial da União (DOU).

Sabe quem pode ajudar o trabalhador neste momento, com o propósito de estancar a terceirização e futura precarização do trabalho?

Absolutamente ninguém, pois o trabalhador virou as costas para os sindicatos e entidades que o representam.

Precarização

Você fica aí praguejando contra os sindicatos, contra a Contribuição Sindical, prepare-se pois quem você elegeu e recebe proventos, benefícios e aposentadorias integrais, que não se submete às regras dos trabalhadores normais tá defecando e andando para você e suas reclamações. Vai lá e pede para acabarem com a Contribuição Sindical e os Sindicatos. Afinal você é tão bom e consciente que não precisa de ninguém e sabe votar desde pequenininho.

Ver pessoas pretensamente esclarecidas dizendo que a terceirização vai ampliar o mercado de trabalho e que vai beneficiar a indústria nacional e o mercado é tão pueril que eu me nego a debater neste nível. Nos vemos daqui alguns dias.

Em suma, só posso desejar boa sorte a todos que apoiam, inocentemente, estas reformas liberais e fascistas, #SQN.

Charge: Alexandre Beck

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.