Motorista Bom - Humortadela

O motorista bom

Motoristas

O Mundo mudou muito. A figura do motorista existe desde a primeira máquina motorizada. No início, fez-se a roda e em consequência, o motorista bom.

Não sei quem nasceu primeiro, o motorista, o chofer (do francês chauffeur, não confundir com chauffer !) ou o carroceiro. Sei que alguns atuais motoristas dirigem com carroceiros, ou mais remotamente, como condutores de bigas ou quadrigas, próprias das idades do Bronze e do Ferro. Os condutores de veículos automotores de hoje nos remetem à idade da Pedra, antes da descoberta da roda.

Esta trilha foi criada há algum tempo e resolvi que a partir do aniversário de segundo ano do blog, vou liberar posts e trilhas temáticas antigas. Tem sobre motorista, gentileza urbana, pedestres, gente boa e gente ruim (motoristas e pedestres e assemelhados).

Motorista Bom

Costuma-se avaliar, na minha opinião, equivocadamente, um motorista pelos acidentes que se envolve. Eu, muitas vezes, avalio um motorista pelo estado do carro com amassados e outros detalhes que revelam, no mínimo, extrema falta de cuidado.

Muitos motoristas não são ruins, foram pessimamente treinados, conseguiram carteira sabe-se lá como, ou compraram mesmo. Mas o certo é que virou uma terra em lei. Motorista hoje acha que ele pode fazer o que quiser ao volante. Basta ninguém ver ou ele não provocar um acidente. Aliás, provocar acidente pode, não pode é se envolver ou ser pego em flagrante delito. Basta rodar 10km no trânsito de qualquer cidade que tenha ao menos dois semáforos, que qualquer motorista bom, minimamente, civilizado, vai deparar-se com alguma infração de trânsito dos outros.

Com a Internet e Redes Sociais, somos capazes de ver todos os absurdos possíveis. E o motorista bom nada pode fazer contra o mau motorista, a não ser se prevenir. Estamos sujeitos a sofrer acidentes, alguns fatais, por conta de irresponsáveis que se acham bons.

Fiquei mais atento e preocupado após ver a impunidade campear, ver um chefe de Detran, responsável por punir maus motoristas e punir até mesmo o motorista bom, poder dirigir com toneladas de multas, autuações e carteira suspensa. Vendo este tipo de coisa e ouvindo de meu próprio filho a frase ´Você já dirigiu melhor`, eu tenho a certeza: Tem muita coisa errada.

Motorista melhor

Todo motorista se acha melhor do que o outro. Isto só seria possível se todos os motoristas com os quais a gente se compara, dirigissem o mesmo carro, no mesmo trajeto, no mesmo momento e sob as mesmas condições. Quase impossível.

Assim, creio que podemos ficar com a definição de motorista bom e que cada um admita que não existe motorista sem erros. Que muitos fatores podem mudar o mundo e o tráfego.

Durante um tempo, passava todo dia pelo mesmo lugar marcado por acidente, uma reta plana com sentido único na avenida e que sempre tinha um poste quebrado. E eu me perguntava, como este cara conseguiu bater aí. Numa bea madrugada de véspera de Natal, chovendo fino, eu dormi ao volante e bati no poste. Nunca mais perguntei como motoristas conseguem bater naquele poste.

Não se define a qualidade de nenhum motorista pelos acidentes que protagonizam. Não se criminaliza nenhum motorista pelo acidente ou mortes que provoca. E não é somente ser ou não doloso u culposo. O que não pode é continuar do jeito como está avançando.

 

Texto atualizado em 31dez17.

 

Charge: Humortadela

Pedido de Doação

Assim como no ano velho, reitero meu pedido.

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator). Só assim, ele e muitos outros pacientes que precisam de sangue para transfusão ou de hemoderivados, conseguirão prosseguir com seus tratamentos. E poderão ter a esperança de uma melhoria e retomada da normalidade em suas vidas.

#DoeSangue

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Hemoter – Banco de Sangue

Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

Telefone: (31) 3295-4584

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.