Muttley Medalha - BruceJr

Medalha … Medalha … Medalha …

Medalha … Medalha …

Pra começo de conversa, uma voadora destinada a alguns tapados que poderiam imaginar que eu estaria com “inveja”, como já tive que ouvir certa feita ao falar deste assunto de entrega de medalha. Em outras palavras, a concessão de uma medalha foi tão vilipendiada que um personagem de desenho animado representa pra mim tudo que penso.

Sempre (eu escrevi e reafirmo, SEMPRE) fui contra condecorações e homenagens feitas por setores públicos. Há muitas décadas, observo que estas “condecorações” e homenagens são usadas, quase na totalidade, por políticos, para agrados e manutenção de aparências.

Nem me dou ao trabalho de criticar UMA a UMA, parecem não significar nada, se bem que, não significam nada mesmo.

21 de Abril

O governo do estado de Minas Gerais utiliza desta data para conceder a honraria máxima do estado aos seus agraciados, que nunca devem ter feito nada pelo estado, mas são “merecedores”.

Alguns anos atrás, num mesmo 21 de abril, quando o jornal Estado de Minas ainda era um jornal de circulação razoável em Minas Gerais, consegui que publicassem uma coluna minha na seção de OPINIÃO. Vacilaram pois já tinham duas “autoridades” falando sobre alguma coisa e precisavam “tapar o buraco” com alguma opinião sem importância.

Era uma espécie de condecoração da mídia (se é que o Estado de Minas classifica-se como mídia) ter uma coluna publicada na OPINIÃO. No meu caso, foi um contrabando da lógica dominante e, portanto, agradeço a quem me ajudou na publicação pois pude mostrar qual era a minha opinião desde aquele tempo.

Medalha e Meritocracia

E, analogamente, esta meritocracia das medalhas é mais de “… me engana que eu gosto…” tupiniquim.

Aí eu fico vendo um bando de retardado e imbecil abrir sua timeline de redes sociais para criticar o ato de condecoração do 21 de Abril em Minas Gerais. Gente que se acha pensador e que nunca falou sobre o assunto antes, mas agora fala e acha que pensa. Falsos “isentões” de teclado e de redes sociais que nunca se manifestam mas quando estão diante de uma autoridade que homenageia quem eles odeiam, abre a latrina.

E, do mesmo modo, estes rebeldes de teclado sem causa, mantêm um silêncio obsequioso quando o homenageado é seu malvado favorito.

Leio que “Sérgio moro e Luciano Huck recebem homenagem de militares” e fico pensando se o rábula concursado do Paraná e outro que é investigado e acusado pelo Ministério Público deveriam ao menos manter aparências.

Estes malvados, protagonizam nos porões da Rede Globo as ações mais do que sórdidas; têm acusações às dezenas para serem avaliadas e são homenageados pelos militares?

Res Pública

Publiquei, anteriormente, quando consolidou-se o golpe do vice Temer um texto sobre esta turma (Res Pública – de Floriano a Temer), eu não esperava tamanha desfaçatez da gangue que perpetrou mais um golpe, até medalha eles recebem.

E os teleguiados que reclamam das condecorações em Minas ficam caladinhos. Este tipo de servilismo pusilâmine e venal é nojento. Entretanto, é um dos malefícios com o qual temos convivido nas redes sociais. Sociopatas livres e cheios de “razão” e, como se não bastasse, omitem-se em situações análogas e ainda ganham adeptos curtidores do absurdo.

Vou repetir: sempre fui contra condecorações “Meritocráticas”. Não defendo nenhuma delas, por princípios, mas atacar esta ou aquela, seletivamente, não faz parte de ações de gente que se apresenta como honesta. São desonestos e estelionatários de redes sociais que ainda vão colocar toda a população do país em situação difícil.

P. S. Este post seria publicado no Facebook, no próprio 21 de abril. Dei um tempo e resolvi liberá-lo hoje, no meu blog pessoal., dessa forma, o  risco de interdição do meu perfil, por parte do Facebook é menor.

Charge: Adaptada de Bruce Jr.

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários, ou na página do Facebook,associada a este Blog.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.