Cidades Arrasadas - Não foi acidente

Não foi acidente (25)

Uma barragem operada pela Samarco, mineradora controlada pela Vale (Multinacional de origem brasileira, privatizada) e BHP (mineradora de origem australiana), localizada no município de Mariana (MG), rompeu-se no dia 5 de novembro de 2015, deixando um rastro de 19 mortos (um corpo ainda não foi encontrado), centenas de desabrigados, milhares de desempregados e o maior desastre ambiental, não natural, do Brasil e possivelmente do mundo, nos últimos tempos, com um rastro de poluição e degradação do Rio Doce até atingir o litoral capixaba.

Eu não esqueci. A indignação não me deixa esquecer. Após vinte meses, muitas pessoas, e a maioria da mídia, já esqueceu do assunto. Lá vamos nós para mais um post, todo dia 5, até que apareçam os culpados por este grave crime e que sejam julgados com rigor e que, se definidos como culpados, sejam condenados e cumpram suas penas.

NÃO FOI ACIDENTE!

Desrespeito 

Em evento um mês atrás, o ministro das Minas e Energia, durante evento, anunciou que está envolvido diretamente nas negociações com o Ibama, governo mineiro, prefeituras e demais entidades para ´viabilizar a retomada das operações mineradoras da Samarco`.

A indignação que sinto é abafada por uma lista de reacionários e gente com interesses pessoais se sobrepondo às tragédias das pessoas que perderam parentes, que perderam casa, que perderam emprego, que perderam a vida. As empresas culpadas pela tragédia não foram punidas, estão enrolando nas multas, pechincham indenização e agora acionam ministro (seria somente um?) para voltar a operar. Uma vergonha que não vai sair em destaque na mídia.

Está impossível entender como pessoas defendem uma empresa que coloca profissionais para fazerem coisas erradas e ainda quer se safar sem ninguém condenado. A justificativa de que empregos precisam ser recuperados supera tudo?

Resistência

Todos os municípios afetados pelo crime bárbaro devem emitir documento sobre as estruturas da Samarco em cada cidade e se estão, ou não, em conformidade com a legislação municipal de uso e ocupação do solo. Os prefeitos destas cidades tem sido pressionados por todos os lados. Agora entra ministro na jogada. E a população que se dane. Se a Samarco receber estas cartas,sem que esteja totalmente em conformidade com os requisitos, novas tragédias poderão acontecer. É o país do VALE-TUDO.

Imagem: Diários Associados (MG)

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator), só assim ele, e muitos outros, conseguirão prosseguir com o tratamento e ter esperança numa melhoria e retomada da normalidade.

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Banco de Sangue – Hemoter

O Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Telefone: (31) 3295-4584

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.