Rede Social Hipocrisia Iphome

Finesse em rede social

Rede Social

Isto que denominaram rede social não é o que pensam que é. É mais do mesmo, frente à avalanche de novos incautos que surgiram e adquiriram tecnologia sem saber o que fazer com ela. A chamada revolução informacional pegou a população mundial em cheio. Oportunidade única para capitalistas despejarem seus produtos para gente que não sabe o que está fazendo.

O que tenho visto de gente cagando regrinhas em qualquer rede social e nos seus perfis não está no gibi. E fica pior. Pessoinhas que até ´seis meses atrás` declaravam que rede social era lixo, rendem-se e expressam opinião (?) do tipo: ´não quer saber a opinião dos outros e não ligo para oque os outros pensam`, ou ´se não gostou, sai fora da minha timeline`. O nível de estupidez e imbecilidade não para de crescer. E as lojinhas de venda de capinhas de smartphones vão ganhando seus caraminguás, até na roça mais longínqua do país.

Lei de Moore

Falemos do principal: equipamentos mobile (celulares e assemelhados). O que era para ser um equipamento de voz, ganhou mobilidade, surgiu como analógico e em pouco tempo evoluiu de tecnologia e aqui estamos. A era do 4G (as pesquisas vão muito além, mas a patuleia não tem grana para pagar por ela. É preciso cumprir o ritual da Lei de Moore onde George Moore, mais de 50 anos atrás, preconizou que a tecnologia deveria conter seus produto e resultados para um ciclo de 18 meses. Os capitalistas e marqueteiros adoram. E os incautos se fartam. Este ciclo tem diminuído e a guerra entre marcas tem provocado absurdos de otário ficar 48h numa fila para comprar uma bobagem que ele não precisa e que vai consumir três meses de seu salário. Destaco que rico e quem ostenta não entra nestas filas.

Inclusão Digital

Aí entra os mortais que começam a entender este problemas e acham que posts “cabeça” vão revolucionar o planeta. Uma importante revolução foi provocada pela Internet, e não é pela característica e perfil de uma rede social, a liberdade de expressão,a democratização dos meios de comunicação. Conseguimos (sim, como participo disto desde a criação) acabar com profissionais péssimos da mídia e desmascarar muita gente. Entretanto, os benefícios ainda estão atrás dos malefícios. Sociopatas e até psicopatas ganharam seu espaço.

Recentemente, todo mundo descobriu que pode ser blogueiro. Tecnicamente, é verdade, ainda bem. Mas não descobriram que para ser blogueiro, pelo menos dos bons, tem que ter conteúdo. Foi assim que aconteceu durante um tempo, agora não mais. Qualquer neófito em rede social, com alguma verba promocional, compra conteúdo. Existem sites e portais que foram criados nos últimos cinco anos que são pura farsa da mídia digital, e até Like Farms virou expressão comum e aceita por muitos. Maldita inclusão digital.

Finesse

O que finesse do título e o fenômeno de uma rede social tem a ver com a forma grosseira e desrespeitosa que apresentei minha visão dos fatos?

Tem a ver quando vejo alguém (mais um blogueiro) cagar regrinhas sobre como deve ser minha abordagem, que eu denomino sinceridade sincera. Dá calafrios ver alguém imaginar que a sinceridade tem que ser medida, tem que ser pensada, tem que ser meticulosa. Às favas, no popular, vai à merda! Este povo tá merecendo a pecha de “nutella”. É muita viadagem (ops! não pode, tem que falar que é muito mimimi).

Esta geração de pivetes (ops! não pode também!) tecnológicos, já abordados, “educadamente”, por mim, no post Surgimento de uma sub-raça, parece não ter noção do que está vivendo. Culpa dos pais que superprotegem seus filhos e colocam verdadeiros patetas na vida, nas profissões e para o mundo. Tenho presenciado algumas discussões de pessoas que poderiam ser meus filhos (netos ainda não, tô muito novo!) que me deixam triste.

Não desisto

Esta semana tive um debate, numa rede social, com um antigo conhecido em que ele se declarou “cansado e dedicado somente a coisas importantes para ele”. Contrapus que eu estou numa fase da vida em que minha indignação cresce quando vejo coisas importantes serem tratadas com desdém e coisas vis serem tratadas com importância (tipo a relação da população com ao Crime de Mariana  x Neymar no PSG). Não vou desistir e esta luta não tem como ser tratada com finesse (só na cabeça de tapados completos).

Até pensei em publicar algo sobre o dia do advogado que se comemora nesta data. Não consegui pensar em nada que fosse educado e fino quando vejo o Judiciário fazendo o que está fazendo, quando vejo advogados tentando livrar a cara de criminosos de mineradora. Não dá para ser educado com nenhum de vocês e muito menos suas representações.

A hipocrisia reina em qualquer rede social e tem gente contrapondo críticas e opinião sincera pedindo finesse e bons modos. Ah! Vá !

Charge: Dalcio

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando, com URGÊNCIA, de doadores de sangue (qualquer tipo e fator). Só assim, ele e muitos outros pacientes que precisam de hemoderivados, conseguirão prosseguir com seus tratamentos. E poderão ter a esperança de uma melhoria e retomada da normalidade em suas vidas.

#DoeSangue

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Hemoter – Banco de Sangue

Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.tão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Telefone: (31) 3295-4584

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *