Conversa de Elevador

Conversa de elevador

No elevador

Dizem que o elevador é o meio de transporte mais seguro do mundo. Tá sempre seguro por um cabo, tem um Ou mais cabos de segurança, dizem que possuem mecanismos extras e só anda em linha reta. É o que dizem. Mas elevador já foi perigoso. E com a adoção de redes sociais por todos, nem precisa mais de ascensorista para escutar conversa dos outros e fazer fofoca.

Conversa de elevador

Na condição de profissional de segurança da informação, sempre fui reservado com algumas coisas. Por exemplo, quando entro com alguma pessoa num táxi, e a conversa tem lá seus pontos de reserva, não cito nomes. Alguns dirão: que maluquice. Entretanto, cada pessoa deve ter uma experiência em que conversas são interpretadas pela metade e depois não tem jeito.

No elevador, as conversas chegam a ser engraçadas. Ouve-se a conversa no meio, e muitos tiram conclusões e interpretações completamente diferentes. Trabalhei numa empresa que tinha ascensorista e elevador. Todos com crachá. Claro que era muito chato. Só quem conduzia o meio de transporte sabia de tudo e de todo mundo.

Ah! mas depois das redes sociais, a conversa de elevador saiu do controle dos ascensoristas (e outros bisbilhoteiros de elevador – SIM ! sei de gente que fazia questão de subir com fulano ou beltrano no elevador só para ´pescar` alguma dica). As redes sociais fazem este ´trabalho`, só que de maneira cruel. No elevador exista a mínima Possibilidade de conhecermos o interlocutor e os personagens alvo da conversa. Nas redes sociais, achamos que conhecemos as pessoas e já vamos interpretando tudo.

Julgando no elevador

Em 30 de novembro passado, publiquei post com o título “Sobrevivendo às Criticas“, que abordava questões d como sobreviver às criticas surgidas nas redes sociais e como as pessoas se comportam quando são criticadas nas redes sociais.

A situação tá muito desequilibrada. Aliás, desequilibrada é pouco. Se você fala Carolina de Sá Leitão, num elevador Ou numa rede social qualquer, alguém entende que você falou caçarolinha de assar leitão. E fica pior, dizer rapidamente a grande obra do mestre Picasso, passa por a grande pica de aço do mestre de obras. Quando escrevi que o mundo acabou em 2012, não me levaram a sério. Estamos somente na metade do fim.

Mas vamos sobrevivendo às críticas e às conversas de atravessadas e de gente de caráter duvidoso..

 

Imagem: Reprodução Internet

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator). Só assim, ele e muitos outros pacientes que precisam de sangue para transfusão ou de hemoderivados, conseguirão prosseguir com seus tratamentos. E poderão ter a esperança de uma melhoria e retomada da normalidade em suas vidas.

#DoeSangue

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Hemoter – Banco de Sangue

Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

Telefone: (31) 3295-4584

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *