Justiça Cega - Rábulas

Rábulas et caterva

Direito

É claro que o termo rábulas não é elogioso e muito menos generalizador. Quem entende assim, ainda não percebeu como o mundo funciona e como o Brasil trata a ciência jurídica desde 1808. Já escrevi e repetirei e posts futuros. 1808 foi o marco mais nefasto da história do Brasil.

As ciências jurídicas (Direito no Brasil e Law em outros países) é complexa. Dispensável para uma sociedade que vivesse e harmonia, mas essencial entre direitos e deveres desiguais. Não é por acaso que alguém imaginou o símbolo da Justiça com venda nos olhos e uma balança equilibrada. Já escrevi sobre os rábulas concursados, mal que te assolado o país, mas foi e vão (só arregimentei resmungo de carapuças enfiada até o umbigo !)

#SQN

Carreiras

A bagaça é complicada. Tem que ser assim. Alguém já disse que a frase “… criar dificuldades para vender as facilidades …” é a gênese da corrupção no Brasil. Eu diria mais, afirmo que deve ter sido algum rábula assessorando algum legislador, que impôs esta doutrina na ciência do Direito. Sou profissional de tecnologia da Informação, nem na minha profissão e atividades que exerço a criação de dificuldades para vender facilidades é tão abusiva.

As terminologias, carreiras, especializações e outros termos, só criam dificuldades onde não existem, ou avocam uma reserva de mercado avançando sobre outras profissões. E a empáfia é interminável. Não bastasse serem privilegiados diante da Constituição (CF/88), ainda avocam pra si, atividades das quais não são capacitados. E recente conversa de boteco com um destes rábulas, ouvi que eles são essenciais para a humanidade e que são mais capazes em questões de perícias de tecnologia da Informação (dentre outras citadas) que os próprios peritos de TI. Levei como piada (grotesca!), mas o cara tava falando sério.

#SMJ

A informática tem como hábito o reducionismo a tudo com três letrinhas. Repugnante. Mas as três letrinhas SMJ usada pelos rábulas é maléfica. Qualquer coisa, a culpa é de outro ou da cabeça de um rábula concursado que é como bunda de recém nascido.

Rábulas Profissionais

São várias as carreiras e atividades que os estudantes e formados em Direito avocam para si. Daqui a pouco, pela quantidade de bacharéis que são paridos nas faculdades Brasil afora, faltará profissão para eles abarcarem. Fica pior quando não percebem que a praia deles tá sendo assoreada. E as escolas continuam com o Vade Mecum debaixo do braço.

Os avanços tecnológicos  e as inovações não conseguem mostrar para rábulas entronados em seus castelos de areia corporativos que o mundo mudou (aliás o mundo acabou em 2012, como previram os Maias) e neste fim do mundo, insistir com enganação e criação de dificuldades para ganhar em cima das falaciosas facilidades, é coisa de rábula do Brasil colônia.

Os caras não param de inventar ramos do Direito, carreiras, profissões, desrespeitando solenemente outros profissionais e profissões como Administradores, Contadores, Auditores, Economistas, Engenheiros e muitos mais. Acham que se estudam generalidades destas profissões/funções, estão habilitados a trabalhar questões jurídicas. Conheço e já trabalhei com advogados que eram profissionais de TI, fizeram Direito e hoje são concursados ou atuam em diversas áreas do Direito. Quase todos não se metem em atuar com Direito e Informática, preferem chamar um especialista. Mas o que vemos é advogado se metendo a entendedor de software e hardware. Devem estarno “direito” deles.

Regulamentação

Das profissões regulamentadas (aquelas que tem conselho profissional), os rábulas são os maiores privilegiados. D bacharel ao magistrado e jurista, concursado ou não, são os que ficam no poder e em atividade por mais tempo. Não é possível que alguém imagine que vai continuar assim para sempre.

Eu fiz vários cursos que tem profissão regulamentada. Sou da profissão ais desmoralizada dentre todas as que possuem algum conselho profissional (Administrador). Durante muito tempo, achei (doce ilusão) que como profissional de TI, seria bom a regulamentação da profissão. Estou aposentado (tem que continuar trabalhando) mas vejo como uma excrescência a regulamentação dos profissionais de TI. Algo como estupidez siderúrgica.

Logo, vejo que a regulamentação criou proteções e feudos, que garantem o corporativismo e que só servem para criar dificuldades, vendendo pseudo-facilidades, proporcionando corrupção, abuso de autoridade e coisas que não podem ser benéficas a não ser em grupelhos e máfias. Isto é bom para os mesmos, e quem pensa em entrar nesta “porta da esperança” está no planeta errado.

 

Charge: Alpino

Pedido de Doação

Meu irmão está precisando, com URGÊNCIA, de doadores de sangue (qualquer tipo e fator). Só assim, ele e muitos outros pacientes que precisam de hemoderivados, conseguirão prosseguir com seus tratamentos. E poderão ter a esperança de uma melhoria e retomada da normalidade em suas vidas.

#DoeSangue

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Hemoter – Banco de Sangue

Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

Telefone: (31) 3295-4584

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *