Queima de Livros - Latuff

Queima de livros

Heresia

O título do post é uma provocação. É inconcebível que um professor, mesmo que desempregado, imagine uma queima de livros. Isto é uma coisa medieval. Ao contrário disso, a minha práxis é de doar livros. Existem alguns livros que compro, faço doação para alguém que tenha interesse no tema e, às vezes, compro outro exemplar.

Queima de livros

A minha intenção neste post é chamar atenção para a possibilidade de queimar livros para mostrar o quanto o nosso Poder Judiciário está abusando da capacidade pensante do povo brasileiro.

 A queima de livros é o ato ritual, geralmente praticado num local público, de se queimar livros ou outras formas de registros escritos que destoem da ideologia social dominante, numa forma de censura. Fonte: Wikipedia

Esta semana, um juiz entrou na Justiça, valendo-se de suas prerrogativas e pretensos direitos “adquiridos” pedindo auxílio-moradia para ele e a mulher, que moram juntos e são do Poder Judiciário e possuem imóvel próprio. É da turma que ganha acima do teto constitucional e defende que a lei é para todos. O fato deste juiz ser Integrante do processo conhecido como “Lava-Jato”, no estado do Rio de Janeiro, é questiúncula de somenos.

Minha proposta é simples, lapidar e muito objetiva. Vai poder tirar muita gente de cima do muro e sair dos discursos estúpidos das redes sociais.

Todo integrante do Poder Judiciário, mesmo que simbolicamente, deveria aderir a um movimento com outros profissionais do Direito e junto às representações de quem, um dia, passou por um banco de escola das ciências jurídicas, queimar livros. Pode ser até até velho e carcomido Código, ou algum Vade Mecum da Idade Média, ou algum livro de tempos obscurantistas (será que já ultrapassamos estes tempos?).

Vamos à luta?

Como não sou integrante desta casta cheia de privilégios, fica complicado sugerir que outros façam alguma coisa. Mas #FicaaDica. Mostrem ao verdadeiro povo deste país que em todas as categorias profissionais existem pessoas honestas, faça uma manifestação e registre a sua indignação. Ou vocês estão esperando mais um golpe para apoiar, vestir camisa da Selenike e bater panelas nas suas varandas e coberturas pagas com auxílio-moradia enquanto retira-se direitos dos trabalhadores e arrocham o bolsa-família?

Se você não é advogado, mas conhece algum advogado ou tem algum advogado na família, sugira que ele pratique esta manifestação de queimar livros, ao menos um, e coloque na timeline como forma de mostrar repúdio `quilo que o Poder Judiciário vem fazendo com o país.

Vamos à luta ? Ou preferem ver a Constituição Rasgada a cada ato e abusos do Poder Judiciário? Até quando rábulas concursados terão privilégios acima das prerrogativas?

 

Charge: Latuff (parcial)

Pedido de Doação

Assim como no ano velho, reitero meu pedido.

Meu irmão está precisando de doadores de sangue (qualquer tipo e fator). Só assim, ele e muitos outros pacientes que precisam de sangue para transfusão ou de hemoderivados, conseguirão prosseguir com seus tratamentos. E poderão ter a esperança de uma melhoria e retomada da normalidade em suas vidas.

#DoeSangue

Carlos Henrique de Oliveira (paciente do Hospital Mater Dei)

Hemoter – Banco de Sangue

Hemoter recebe doações para pacientes que estão internados em diversos hospitais. A doação pode ser realizada para paciente específico ou voluntário para o banco de sangue.

Horário: 8h às 13h, segunda-feira a sábado (sábado, somente com agendamento prévio pelo telefone).

Endereço: Rua Juiz de Fora, 861, Barro Preto – Belo Horizonte.

Telefone: (31) 3295-4584

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.