Torcidas Organizadas - Rodrigo Fuscaldi - GE

Torcidas organizadas do Cruzeiro

Torcidas Organizadas

Torcidas organizadas são uma forma de organização popular que tem muito pouco de democrático. Fui iniciado, anteriormente, no movimento bem cedo, ainda pré-adolescente, quando as torcidas eram a favor do time, e não da própria camisa. Quando percebi o movimento no sentido de que a torcida gritava mais o nome dela do que do time, cuidei de me afastar um pouco.

Pouco depois me vi envolvido com o que foi o início da guerra entre torcedores dos Palestras (Mineiro e Paulista) que até então eram coirmãos. Aquele momento foi determinante para “dar um tempo” em movimentos de torcida organizada. Voltei, posteriormente, já na temporada de 1990, junto a torcedores que mostravam-se diferentes, que não queriam ser “a maior” e os cânticos enalteciam somente o Cruzeiro.

Charanga e Novos Tempos

Eventualmente, as torcidas organizadas conviviam com a Charanga, no caso do Cruzeiro, conduzida pelo Aldair Pinto. Os conflitos começaram a surgir desde que começou a mistura de política eleitoral e arquibancada, #DeuRUIM. A charanga foi, voltou, desapareceu tentou retomar e as “baterias” das torcidas organizadas se apoderaram do grito e da torcida.

O mais curioso é que o Cruzeiro protagoniza um recorde esquisito, talvez seja o time do planeta com mais torcidas organizadas da história. Certamente numa clara demonstração de que o torcedor não entendeu nada, e que torcer para o time/clube não significa torcer para a facção. As brigas que presenciei entre a própria torcida,  surpreendentemente, foram em maior número do que contra adversários; é surreal.

Nota Oficial

Desse modo, não me surpreendo com a “Nota Oficial” de algumas torcidas organizadas e seu comportamento em relação ao clube e direção. A promiscuidade impera há muito tempo; com toda a certeza não são todos representantes das torcidas organizadas que se locupletam a partir da estupidez das massas de manobra.

Reproduzo a Nota oficial de alguns destes representantes que a mim nunca representaram e nunca representarão.

NOTA OFICIAL

A diretoria da torcida vem por meio dessa nota passar a todos os membros que ontem tivemos reunidos com a diretoria do Cruzeiro Esporte Clube e com as diretorias das demais torcidas organizadas do Cruzeiro.

Fomos lá para pedir explicações pelas mudanças em que fizerem (sic) no programa de sócio torcedor do clube e cobrando deles uma melhoria.
Foi uma reunião muito produtiva onde o assunto principal também foi o “paredão azul” tão sonhado por todos os cruzeirenses.

O “paredão azul” contará com todas as 7 torcidas organizadas do clube no setor amarelo do estádio cantando numa só voz.
Fica decidido que no setor amarelo superior ficará (sic)as seguintes torcidas:
Mafia (sic) Azul, TFC e Geral Celeste.

O setor amarelo inferior:

Torcida Jovem, Pavilhao (sic) Independente, Cachazeiros e China Azul.

Encaminhamentos

Cruzeiro nos disponibilizou 3 salas pra guardar os Materias (sic) das torcidas no estádio, sócio no boleto para todos os membros das organizadas, maior número de bandeiras na arquibancada, fumaça, papel picado, sinalizadores diretoais (sic).

Fizemos um pedido também para que retirassem as cadeiras do setor amarelo, e o clube ficou de solicitar isso a (sic) Minas Arena. Mais (sic) é uma coisa complicada de acontecer.
Foram várias reuniões para que isso chegassem (sic) ao acordo entre as organizadas, clube, PM e Minas Arena.
O clube ficou responsável também por fazer reservas de ingresso para as organizadas comprar (sic) em caravanas e jogos fora em que o clube jogar.

Tivemos também algumas mudanças no posicionamento das faixas, agora teremos 2 faixas em lugares separados no estádio. Uma ficará no setor Laranja e a outra padrão continuará no mesmo local, dando uma divulgação boa pela TV pois pegará em 2 setor diferente (sic) do estádio.
A partir do jogo de hoje contra a Chapecoense será o primeiro teste desse novo projeto.

Todas torcidas unidas num só setor, numa só voz.
Nosso ideal é o mesmo, Cruzeiro Esporte Clube.

 

Escárnio das Torcidas Organizadas

De acordo com o que dizem por aí nas redes sociais, este povo é comédia demais e acha que engana todo mundo. Acham que são representantes dos “donos do clube“; repetem que o clube é da torcida quando não é.

Estas torcidas, em outras palavras, simplesmente defendem seus interesses, ou melhor interesses de seus “diretores” que galgaram posições sem nenhum mérito que seja louvável.

Este escárnio (Nota Oficial) e a subserviência a dirigentes, conselheiros e figuras políticas ainda vai acabar conosco. E, como se não bastasse, alguns destes próceres, semianalfabetos, viram nas redes sociais uma forma de ganhar dinheiro e tanger seu gado virtual. Publicarei sobre a torcida da Islândia, o Cruzeiro fará homenagem a eles (Tólfan) na camisa, este povo não entendeu absolutamente nada. Com toda a certeza, não somos Vikings, somos representados por bárbaros famintos.

Enfim, vivemos uma grande mentira sobre torcidas organizadas, e ainda tem gente que acha que isto é torcedor; afirmo que este bando é uma VERGONHA !!!

 

Imagem: Rodrigo Fuscaldi / GE

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

4 comments for “Torcidas organizadas do Cruzeiro

  1. Maria Celeste Gonçalves
    15/02/2021 at 11:06

    Isso me faz pensar que são várias bandeiras e uma única organização. O mesmo deve se repetir em outros clubes, em escolas de samba, na política…

    • 15/02/2021 at 11:25

      Dra. Celeste,
      Mais ou menos. Existe a disputa política dentro de qualquer organização (sindicato, associação de bairro, escola de samba, clube social etc.).
      Entretanto, torcer para uma facção dentro destas organizações é EXCEÇÃO.
      Na maioria dos casos, “aquilo que nos une”, está acima das diferenças do modus operandi de cada grupo.
      No caso das torcidas organizadas do CRUZEIRO (e creio que de outros clubes também), os caras colocam a torcida ou agrupamento, e até
      objetivos PESSOAIS, acima de tudo, de todos e do clube. Tem cada história relativa ao Cruzeiro e suas organizadas de assustar
      gangster mafioso discípulo de Al Capone.

  2. Mércia Aracy Mateus de Vasconcelos
    15/02/2021 at 11:15

    As torcidas organizadas, com raríssimas exceções, transformaram-se em verdadeiras milícias, fruto da violência e da relação promíscua com as diretorias dos clubes.
    Acho que o fenômeno é mundial. Vide os Barrabravas, na Argentina.

    • 15/02/2021 at 11:22

      Mércia,
      Data venia, discordo. A torcida do Cruzeiro até pode ter tentado copiar muito das torcidas argentinas.
      Estudei e estive dentro de tudo que torcidas organizadas do Cruzeiro fizeram nos últimos 40 anos.
      Discuto com qualquer um sobre o assunto e digo que não tem nada a ver com torcidas de CLUBES no exterior.
      Lá fora os caras são hinchas, barrabravas etc DO TIME/CLUBE e não da própria torcida.
      Existem séries documentários bastante interessantes sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.