Locaute Caminhoneiro

O caminhoneiro autônomo e o povo

 Pára Brasil

O momento é para falar do movimento iniciado por aquele caminhoneiro autônomo. Caminhoneiro que acordou de sua letargia obsequiosa, a partir dos sucessivos e recentes aumentos do diesel.

A princípio, este mesmo caminhoneiro ficou à margem do movimento para depor a presidenta eleita. Os patrões sentiram no bolso e “terceirizaram” o movimento.  Os gestores golpistas da Petrobrás estão dando um jeitinho.

Escrevi, anteriormente, dizendo que “Locaute não é greve“. Abordei, sobretudo, a questão do movimento dos donos de empresa de ônibus por aumento da tarifa e do posicionamento de políticos, especialmente o prefeito, no teatro de enganação popular.

Não me enganam !

Brasil Caminhoneiro

O país é caminhoneiro, embora estes profissionais sejam essenciais, o modelo de transportes no pais, privilegiou as rodovias. Ferrovias, transporte fluvial, combustíveis alternativos são coisa de gente comunista. Basta algum gestor público incentivar ciclovias que será destituído. O déspota que o suceder vai romper o ciclo virtuoso, majorar as passagens de ônibus e garantir o lucro dos empresários.

O modal de transporte de cargas no Brasil foi pensado conforme os interesses da indústria automotiva nacional. Fenemê, Mercedes e Scania, notadamente as duas últimas, deitara e rolaram. Nos últimos sessenta anos, paralelamente, os empresários do setor tomaram conta de uma parcela significativa do PIB, se choro e com lucros garantidos.

Situações como a privatização das ferrovias que deveriam mudar,uma vez que a integração com outros modais deveria ser prioridade, nunca funcionou. Tudo em nome da manutenção do lucro dos donos do transporte e dos caminhoneiros, inclusive os ditos independentes.

Com isso, a briga do caminhoneiro, dos últimos dias, até que poderia ser uma briga de toda a população.

#SQN !

Locaute não é greve

Conheço alguns tipos de movimentos grevistas. Além disso, entendo que a Constituição Federal é explícita em diferenciar greve de locaute. A mídia divulgou o movimento iniciado pelo caminhoneiro autônomo era uma greve para limpar a barra de um possível criem constitucional.

Sem dúvida, conseguiram o que queriam. Agora, começa o verdadeiro movimento.

Será que veremos a polícia reprimindo; alguma cabeça sangrando; spray de pimenta; bombinha de gás; acusação de baderna; dedinhos apontados gritando “vagabundos” ?

Acordo_Locaute

Acordo_Locaute

Será que a mídia vai dar a cobertura dada até então?

Mistério !

 Sincericídio

Inegavelmente, rede social não é lugar para ser sincero. Resolvi, no dia de ontem, denotar minha verve multidisciplinar e brincar, falando sério sobre o movimento do caminhoneiro autônomo. Em determinados momentos, publiquei um meme dos patos amarelos e a dancinha do “Fora Dilma !”, com o propósito de convidá-los (hipocritamente) a ajudarem os caminhoneiros. Fui, simultaneamente, amado e odiado.

Surpreendentemente, quando faço troça sobre a paralisação cutucando os noiados é crime. Quando recebo manifestações agressivas, é direito à opinião. E todos que se manifestaram agressivamente, é porque enterraram a carapuça até o umbigo. Um bando de beócios que insiste em repetir o discurso de ódio do MBL. Gente de cabeça miúda que defende o golpe, a violência contra quem não pensa como eles e continua apoiando o cheirador derrotado.

Este episódio poderia servir de efeito demonstrativo para outras categorias, e pessoas consideradas autônomas e independentes. Taxistas, perueiros, transportadores de escolares, que não verão os benefícios do acordão do locautes, poderia acordar. Tudo com o propósito de outras categorias começarem a entender e fazer valer seus direitos.

Em outras palavras, é muito simples, trata-se de um governo ilegítimo e entreguista. Uma classe média subserviente e sem senso crítico; uma mídia de massa guiando a cabeça do “povo” é o nosso retrato. Enfim, só podia resultar em: zerar imposto para setor empresarial específico; manter ou aumentar as desonerações (sem efeitos no preço das passagens de ônibus, por exemplo); garantir o lucro dos acionistas da Petrobrás e dos donatários do pré-sal; e abrir exceções de contratação, similares às obras da Copa do Mundo.

E ainda pensam que o mundo não acabou em 2012.

Resumo da Ópera

De maneira proselitista, é claro, vejo que  a “livre iniciativa” fez acordo para garantir redução do ÓLEO DIESEL. E o governo (Tesouro Nacional) vai pagar a DIFERENÇA para que o ACIONISTA da Petrobrás não tenha prejuízo.
O consumidor final o usuário de transporte coletivo e até o caminhoneiro autônomo PAGARÃO a conta.
 
É legítimo que os golpistas e seus seguidores não concordem, afinal é necessário que sigam sustentando a opinião e enganando trouxas e patos.
Sem dúvida, outras Interpretações são possíveis, inclusive imaginar que Trump e o mundo do petróleo não tem nada a ver com isto. Estes golpistas e seus capitães do mato até pensam que as petrolíferas estrangeiras não praticam corrupção. Defendem a ideia de que a Petrobrás é pior do que eles e que não fomos assaltados no pré-sal.
 
Só não tentem convencer gente que pensa que vocês estão certos, se bem que vocês tentam, de maneira pueril.
O golpe deu certo a partir do momento que o cheirador derrotado definiu que “não vai ter governo” … E parem de ficar lambendo as bolas de gente de outros países, com este complexo de vira-latas, é feio. Ou então se mudem para lá e trabalhem de entregador de pizza, mais do que isto não conseguirão.

Amanhã

 
Entretanto, podemos aproveitar todos os limões-capeta e fazer uma limonada.
Portanto, talvez seja o momento de todas as categorias, realmente INDEPENDENTES, acordarem e irem à luta, coletiva, cooperativa e colaborativa.
 
Ficou um texto acima do normal de um post, entretanto temos que ter em vista que o momento exige.
Em suma, é como disse um companheiro, com todo respeito, “… greve um cacete ! …”

 

Charge: Latuff

P. S. – Faço este pedido na página de apresentação, entretanto, gostaria de repeti-lo aqui. Qualquer observação, sugestão, indicação de erro e outros, podem colocar nos comentários aqui ou na página do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.