Escárnio - Crime Ambiental

Não foi acidente – O escárnio

Crime

O escárnio que temos visto para com a população de atingidos do crime de Mariana é assustador, aterrorizante. Certamente, não foi um acidente. As vítimas de Bento Rodrigues, Fundão e proximidades de Mariana, e todos até a foz do Rio Doce no Espírito Santo sabem disso.

Montesquieu dizia que “… a injustiça que se faz com um, é uma ameaça que se faz a todos …”. Neste caso, o crime ceifou 19 vidas. Além disso ameaça milhares de pessoas que vivem no trajeto da lama. Foi cometido contra todos os brasileiros. E fica pior quando uma nação inteira se cala ante a impunidade dos poderosos.

Crime sem Castigo

No Brasil dos serviçais das oligarquias, de nada valem as vidas perdidas ou ameaçadas. Um crime sem castigo, com personagens defendendo o indefensável.

De acordo com o teólogo Leonardo Boff, o capitalismo está vencendo e que pode se equilibrar o “jogo”. Por exemplo, no caso do crime da Samarco, milhares de vidas estão sendo arruinadas pelo capitalismo selvagem, pela ganância dos que querem a tal “farinha pouca, meu pirão primeiro”. Portanto, entendo que o filósofo está equivocado.

O crime está impune e vai aumentar a impunidade. As culturas e tradições, além de vidas estão sendo derrotadas e este capitalismo vence, aqui na Terra como no céu.

... Nesse entretempo a nós cabe a tarefa de desde dentro do sistema, alargar as 
brechas, explorar todas as suas contradições para garantir especialmente aos mais 
humildes da Terra o essencial para sua subsistência: a alimentação, o trabalho, a 
moradia, a educação, os serviços básicos e um pouco de lazer. É o que vem sendo 
feito no Brasil e em muitos outros países. 
Do mal tirar o mínimo de bem necessário para a continuidade da vida e da civilização.

Leonardo Boff

Querer continuidade da vida e da civilização com este escárnio e impunidade, “Isso non ecxiste !“.

Escárnio Criminoso

Publico sobre o tema, todo dia 5, desde que iniciei este blog. Este foi um dos temas motivadores para que eu iniciasse a empreitada. Com o propósito de não deixar cair no esquecimento completo do assunto.

O escárnio é geral, a cumplicidade criminosa alcança a todos que não foram atingidos diretamente. O histórico das publicações, se aprofundados e aglutinados com outros documentos e publicações, produziria uma peça de terror.

Processo Anulado

Num país em que até o STF é refém de bandidos, que toma decisões judiciais de acordo com quem paga mais, não é surpresa uma decisão do juiz Jacques de Queiróz Fonseca. O juiz federal, num despacho mais do que criminoso, suspendeu o processo criminal. E não foi porque não existiam provas; foi por um mero detalhe burocrático que algum rábula bem pago resolveu arguir.

Sem dúvida alguma, fica bastante claro o poder da empresa Samarco e suas controladoras (Vale e BHP). Todos os poderes, autoridades constituídas e políticos que recebem doações estão na lista de inimigos dos atingidos.

Inegavelmente, a Justiça, neste país, é somente para os tolos e pobres.

Acordo Caracu

E o escárnio não pára. Eu havia escrito algumas coisas e resolvi resumir este texto. Havia escrito com o fígado e não  diminuiria a minha indignação. Além disso, não vejo perspectivas em demover algumas pessoas desta omissão criminosa que vêm praticando.

Em suma, o que está escrito em páginas “internas” de portais de notícias é pouco e nem passa perto da mídia de massa. O Jornal Nacional, a revista Veja, a Folha de São Paulo são cúmplices descarados. Decerto eles publicam o assunto, mas manchete é para Neymar, Marchezine, “Lula preso”, “juíz imparcial”.

Fecharam um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que eu denomino um “acordo Caracu”, uma vez que as oligarquias entram com a cara e os atingidos entram com o resto. Samarco, Vale, BHP, Ministérios Públicos e governos de Minas e Espírito Santo são cúmplices. Como se não bastasse, este TAC mostra o escárnio-mór quando a ação civil pública de R$155 bilhões continuará suspensa. Além disso, torna as coisas muito piores quando vemos notícia na agência Forbes de extinção de ação de R$ 20 bilhões.

Ideologia

É provável que tenham razão os que dizem que o capitalismo e sua ideologia política, o neoliberalismo, são a mola propulsora da nossa civilização.

Sim, existem muito mais cúmplices do que imaginamos. Muito blogueiro e comentarista de rede social se cala ante este crime. A conivência e silêncio são igualmente criminosos da parte desta gente que se diz de “bem”. Quem poderia usar o poder das redes não faz absolutamente nada.

Enfim, o escárnio só avança. Incluir as vítimas como “parte” da Fundação Renova não chega a ser esmola, é menosprezar a inteligência das pessoas. Em outras palavras, quem está a favor deste tipo de situação ou quem critica os atingidos, é tão criminoso quanto a camarilha dos responsáveis pelo crime de Mariana.

Brasil!
Mostra tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim

Cazuza

Meus lindos “revolucionários” de camisa da selenike, até quando ficarão calados ?

Já sei, preferem ser um dos zilhões que repercutem o #NeymarChallenger . 

 

Imagem: Extra Classe

P. S. – Reitero o pedido feito na página de apresentação. Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas. Coloquem aqui nos comentários ou na página do Facebook.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.