Aposta Perdida - Duke

A aposta perdida na eleição

Aposta

Primeiramente, em bom destacar que diz o dito popular “… teima meu filho, mas não aposta …”. Não sei se isto vale para o mundo inteiro ou se a aposta é mais uma “tradição” tupiniquim. Uma aposta perdida é desagradável, mas pode ser pedagógica sob diversos aspectos. Infelizmente, apostas estão relacionadas com jogo, e jogo pode ser um vício que destrói famílias e vidas.

Assim sendo, tenho alguns “preceitos” e a convicção de que só aposto na boa. Tento adquirir alguma lição de cada aposta perdida e até mesmo daquelas que ganhamos. No meu caso, já ganhei apostas que fiz questão de não receber o “prêmio”, somente pelo prazer (mórbido e vil, reconheço !) de zoar o perdedor.

Dunning-Kruger

As apostas encerram, na minha visão além da simples aposta perdida ou ganha, algo que pode ser reconhecido como Efeito Dunning Kruger.

Em outras palavras, este Dunning-Kruguer é a ideia de que as pessoas não conhecem determinado assunto ou se acham mais preparados do que os outros sobre qualquer coisa e, no limite, fazem apostas. Em tempos de redes sociais superficiais (mais do que seus usuários) faz com que os acometidos por esta “doença” sejam piores do que no passado. E esta superioridade ilusória leva a dois efeitos perversos, quais sejam: 1) inferioridades ilusória, e 2) síndrome do impostor.

A superioridade e inferioridade ilusórias são o cerne da aposta perdida e a síndrome do impostor. Anteriormente, detectei e abordei no texto “A Síndrome do Impostor em Alta“, visto que impostores, sociopatas estão no auge.

Aposta Perdida

Em resumo, uma aposta perdida vai muito além da simples aposta, do objeto da premiação, dos contendores e afins.

Certamente, eu e qualquer um que aposta temos a “certeza” de que vamos ganhar. Se bem que conheço alguns sociopatas apostadores que se ganham colocam-se a gabar, e se perdem, não pagam.

Este post é uma declaração de uma aposta perdida. Eu tinha a convicção (explicada até por um powerpoint pra lá de bem elaborado) de que ganharia. E não respeitei outro ditado (que penso ser mineiro também) que diz: “… eleição e mineração, somente depois da apuração …”.

Por exemplo, estávamos alguns dias antes das eleições de primeiro turno para governador em Minas Gerais e nas pesquisas (MALDITAS !) apontavam um segundo turno entre Anastasia e Pimentel. O Zema, do Partido Novo, em terceiro e com poucos sinais de que poderia “correr por fora”. Numa conversa de boteco, um amigo cravou que “… quem vai ganhar esta eleição é o Zema …”.

Eu, rapidamente, do alto da minha superioridade, e desrespeitando os ditos populares, proclamei: APOSTO que não vai ! Para piorar, dobrei a aposta dizendo que pagaria a aposta para outra pessoa.

É desnecessário dizer que perdi. Entretanto, quando veio o segundo turno ainda fiquei com um fio de esperança de que o Zema perdesse. Afinal, eu ainda tinha uma chance, era fifth-fifth, mas não deu.

Devo, não nego

Enfim, este post tem o tom declaratório de que, devo não e não nego, pago assim que o credor-ganhador determinar. Não quero que seja incluído no rol dos maus pagadores e muito menos ser trollado por perder aposta. Uma aposta perdida deve ser paga. Os caras nem sabe qual o partido eles estão ou já passaram e eu apostando. #Chupa que é de uva !

O preço a ser pago até que foi baixo, e a aposta não ficou definida como “a seco”, mas fica a lição !

 

Charge: Duke

P. S. – Reitero o pedido feito na página de “Advertências” deste espaço virtual. Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas. Coloquem aqui nos comentários ou na página do Facebook.

2 comments for “A aposta perdida na eleição

  1. Wallace Ferreira e Silva
    24/04/2019 at 09:48

    Eu já paguei a minha !

    • 24/04/2019 at 10:17

      Pois é… este post foi feito trinta dias após a confirmação da aposta perdida.
      Estou tentando pagar… o beneficiário direto (ganhador) é torcedor do 6a1o… o beneficiário indireto
      (eu e minha grande boca) é cruzeirense… tive que publicizar pois fiquei sem falar de política
      desde o segundo turno… estou aguardando o ganhador resolver receber… 🙁

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.