Direitos Humanos

Diploma de Direitos Humanos

Direitos Humanos

A princípio, existe uma tal de Declaração Universal de Direitos Humanos. Foi escrita, muitos anos atrás, por povos de vários países, que entenderam, em determinado momento, que a coisa tava ruim.

A ONU capitaneou a tal Declaração Universal, contra a vontade de alguns poucos déspotas oportunistas e pseudo esclarecidos. De acordo com a Declaração, os direitos humanos são inerentes a TODOS os seres humanos (extraterrestres e minions são humanos?). Preconiza que independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião. Incluiria, outrossim, direito à vida e à liberdade (mesmo que tardia), à liberdade de opinião e expressão, ao trabalho e educação e alguns outros como saúde. Claro que respeitando-se o direito dos outros, sempre.

Sobre estes direitos, uma imagem vale mais do que milhões de palavras.

Declaração Universal de Direitos Humanos

Declaração Universal de Direitos Humanos

Escárnio

Eu fico pensando porque estou na contra-mão quando falo de direitos humanos. Surpreendentemente (não sei porque ainda me surpreendo com a imbecilidade humana !), vejo o sarcasmo de algumas pessoas em redes sociais e até mesmo na mídia quando alguns poucos escrevem sobre o assunto. Enfim, fica muito pior quando vemos desrespeito aos direitos humanos terem mais “compartilhamentos” do que a defesa a estes direitos. 
 
Por outro lado, ao marcarem a diplomação do presidente eleito para o dia 10 de dezembro, fiquei pensando se haveria algum tipo de manifestação ou desagravo.  Afinal, a data é marco dos 60 anos da proclamação da Declaração Universal dos Direitos Humanos onde os povos das nações assinaram um “pacto”.
Considerando que os povos das Nações Unidas reafirmaram, na Carta da ONU, sua fé nos direitos 
humanos fundamentais, na dignidade e no valor do ser humano e na igualdade de direitos entre 
homens e mulheres, e que decidiram promover o progresso social e melhores condições de vida em 
uma liberdade mais ampla, … a Assembleia Geral proclama a presente Declaração Universal dos 
Diretos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações…”

Preâmbulo da Declaração Universal dos Direitos Humanos, 1948
Sem dúvida, eu estava completamente enganado. Com efeito, vejo coisas que nunca imaginei que veria no Brasil e com brasileiros (tá, parece preconceito étnico, reconheço ! ). O país do povo hospitaleiro, da felicidade apesar dos pesares e da democracia guiada sob controle.
Na cerimônia, o ÚNICO integrante da mesa a ouvir o hino olhando a bandeira nacional de frente (o que é CORRETO) foi criticado como se estivesse ouvindo o hino “… de costas para o povo …”. Na cerimônia os direitos humanos são citados por quem presidia o evento e os adeptos do presidente eleito correm para as redes sociais para criticar. Na cerimônia o diplomado esquece-se do que disse durante toda a sua vida e hipocritamente chora. Na cerimônia, percebi que o ódio venceu e o escárnio avança a passos largos.

Day After

Por outro lado, acreditei que no dia seguinte a ficha da patuleia cairia. Preparei um outro post com o título “taoquei“, numa alusão a um hit das redes sociais que não está bem compreendido. Suspendi a publicação e farei uma revisão para divulgação futura. O day after está sendo, pelo menos para mim,  muito dolorido. Estou lendo e ouvindo coisas que nunca imaginei ouvir, mesmo nas redes sociais comandadas por tapados, bolsominions et caterva.
Em outras palavras, por hora, fica a minha indignação quanto ao desrespeito para com o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Aqui vale a minha teoria sobre ter um “dia” para comemorar algumas coisa, como por exemplo no post “Um feriado para muitas comemorações“.
Dessa forma, os povos do mundo e, principalmente, o povo brasileiro, que não estavam representados naquele auditório “seletivo” da diplomação (eles NÃO nos representam !) deveriam se indignar.
Enfim, o que são Direitos Humanos mesmo ?
P. S.
1) A imagem utilizada neste post foi manipulada e adulterada por algum produtor de fake news não identificado.
2) A “função” nem começou e o cabaré já tá pegando fogo ! Espero que o presidente eleito use frases mais apropriadas para o cargo que passará a ocupar.

 

Imagem: Reprodução Internet

P. S. – Reitero o pedido feito na página de “Advertências” deste espaço virtual. Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas. Coloquem aqui nos comentários ou na página do Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.