Indigna Nação - Crime Samarco

Indigna Nação – Não foi Acidente

Indigna Nação

Propus e, acima de tudo, tenho executado – com vários textos não publicados ainda, esta trilha sobre o crime de Mariana. Sem dúvida, foi crime ambiental, contra vida e contra toda uma indigna nação, cometido pela Samarco.

Faço, todo dia 5 de cada mês, desde fevereiro de 2016, um texto com o propósito de não deixar-me levar pela horda de passivos. Alguns textos são pequenos, outros de um só tema, estou preparando um “textão” para a data da passagem de 5 anos do crime. A minha indignação está que não se aguenta uma vez que muita gente nem se lembra mais.

Em outras palavras, a motivação desta trilha tem a ver com a forma que a mídia e a patuleia “esqueceram” do crime. Muito rapidamente aquele crime e as vítimas ficaram em desamparo, e continuam até esta data. Chegou-se ao cúmulo de parte das populações de atingidos, culparem as vítimas pelo crime como se estivessem abusando da Samarco.

O Amigo do Rei

Além disso, minha raiva para com esta indigna nação só aumenta, especialmente depois de Brumadinho. Como é que pode, mesmo após um crime e consequências com as que aconteceram depois do estouro de Fundão, uma nação inteira fique quieta. É provável que, após outro crime, a Vale só libere mais “válvulas de escape” como forma de diversionismo.

Fiquei ansioso pelo lançamento do filme “O Amigo do Rei”, documentário composto de depoimentos e cujo enredo é o que fizeram como o povo vítima do “Crime da Samarco” et caterva. Confesso, surpreendentemente, que eu esperava algo diferente do filme. Os depoimentos são, inegavelmente, contundentes; emocionantes; estarrecedores, dramáticos, chocantes. Com efeito, ver pessoas que são vítimas de um crime hediondo darem seus depoimentos e ver outras pessoas os acusando é revoltante e cruel.

As vítimas da Samarco, de Mariana (MG) a Regência (ES) deveriam exigir que a Samarco, Vale e BHP comprassem horário em todas as redes de TV, em horário nobre, para exibição do filme. Mas a indigna nação não tá nem aí para isto. Estão se deliciando com as cagadas diárias de um governo e autoridades omissos e igualmente criminosos.

Impunidade

Contudo, o que mais impressiona, é ver pessoas acreditarem somente após ver o filme e pensar que podia ser com ele ou alguém próximo. No filme a ameaça paira sobre as cabeças de milhares de pessoas (talvez milhões) que moram no chamado “Quadrilátero Ferrífero.

 

Eu fiquei indignado

Ele ficou indignado

A massa indignada

Duro de tão indignado

A nossa indignação

É uma mosca sem asas

Não ultrapassa as janelas

De nossas casas

Indignação indigna

Indigna nação

(Skank)

Por isso, quando leio notícias sobre Brumadinho e vejo que um vereador planejou e estava aplicando golpe na Vale para receber quase 1 milhão é ultrajante. Ao ver, no filme, políticos (inclusive prefeitos das cidades atingidas) pedindo o retorno das atividades criminosas da Samarco é deprimente e humilhante.

Até quando esta indigna nação vai esperar para acordar ?

Crime sem Castigo

Em suma, infelizmente não estamos preocupados com o próximo, ultrapassamos qualquer limite de civilidade. Quando alguém que se diz cristão defende o retorno de atividades da Samarco e vai orar diante de algum púlpito sujo de lama, é o fim da civilização.

O filme “O Amigo do Rei” aborda a questão da impunidade com bastante propriedade e em belos (no sentido da verdade) depoimentos. Enfim, os criminosos são, exclusivamente, a Samarco e suas controladoras Vale e BHP. Além destas empresas, as pessoas físicas a serviço deles e compradas por eles, prestam desserviço inominável e são cúmplices. Infelizmente, a maioria das frases e críticas feitas no documentário, são a expressão da verdade. Eles estão cagando e andando para o país e nosso povo.

Finalmente, todos os textos que fiz aqui, estão representados no filme. Não sei se comemoro ou se choro de tristeza profunda. Com toda a certeza, não desistirei. Este crime não pode ficar impune e ações praticadas pela RENOVA não podem ficar parecendo que são algum tipod e favor para a população de atingidos.

O Meio Ambiente e uma nação inteira jamais se recuperarão, afinal não tem dinheiro que pague este crime.

 

Imagem: MPABrasil.Org

P. S. –  Reitero também o pedido feito em muitos momentos da vida deste blog e presente na página de “Advertências“. Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas. Coloquem aqui nos comentários ou na página do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.