Dia: 3 de Fevereiro, 2020

Não há Vagas

Não há vagas – Ainda mais depois dos 60

Poema “Não Há Vagas” Considero que é muito difícil imaginar um poema em que “Não Há Vagas” seja parte do título ou enfoque do conteúdo. Mas existe e é de autoria do poeta português Ferreira Gullar. Não há Vagas O preço do feijão  não cabe no poema. O preço  do arroz  não cabe no poema. …