Não há Vagas

Não há vagas – Ainda mais depois dos 60

Poema “Não Há Vagas”

Considero que é muito difícil imaginar um poema em que “Não Há Vagas” seja parte do título ou enfoque do conteúdo. Mas existe e é de autoria do poeta português Ferreira Gullar.

Não há Vagas

O preço do feijão 
não cabe no poema. O preço 
do arroz 
não cabe no poema. 
Não cabem no poema o gás 
a luz o telefone 
a sonegação 
do leite 
da carne 
do açúcar 
do pão

O funcionário público 
não cabe no poema 
com seu salário de fome 
sua vida fechada 
em arquivos. 
Como não cabe no poema 
o operário 
que esmerila seu dia de aço 
e carvão 
nas oficinas escuras

– porque o poema, senhores, 
está fechado: 
“não há vagas”

Só cabe no poema 
o homem sem estômago 
a mulher de nuvens 
a fruta sem preço

O poema, senhores, 
não fede 
nem cheira

Ferreira Gullar

 

Certamente, não me preocupei com a época e o contexto que o poema foi escrito, fixei-me no título pois é disto que vou falar. Não há vagas pode ter sido uma ironia do poeta, mas é uma realidade do povo brasileiro.

Não Há Vagas

A vida imita a arte e a arte imita a vida, difícil saber quem nasceu primeiro e ao artista pode tudo, entretanto, ao trabalhador, não tem lirismo nenhum, nem tampouco poesia.

60 anos

Imaginei que, a experiência adquirida em mais de 40 anos exercendo muitas atividades profissionais diferentes fosse ajudar alguma organização quando me aposentasse. Ser consultor, inegavelmente,  é o sonho de todo mundo e, quando comecei a trabalhar, era preciso ser muito experiente para determinadas funções como consultor, auditor.

Agora tudo mudou, pedem anúncio para um “sênior” mas quando se envia um currículo com muita experiência dizem que não é aquilo que querem, preferem um trainee.

Surpreendentemente, vemos pessoas sendo contratadas por rede social e demitidas pelo que fazem no trabalho. Também pudera, até o processo de recrutamento mudou, pretensamente com o propósito de atender a uma nova sociedade laboral. Nos últimos meses fiz questão de acompanhar muitas vagas e candidatei-me para umas 100 delas, o retorno que ainda tenho recebido é assustador.

Parafraseando o poeta: não há vagas para gente muito experiente (podem roubar a posição do chefe); não há vagas para quem tem opinião sobre tudo (são uma ameaça para erros que deveriam ser expostos); e não há vagas para quem não seja amigo de quem solicita a contratação.

Seleção Inteligente

Como se não bastasse, existem agora processos de contratação automatizados, dizem ser de “inteligência” artificial, entretanto, na realidade, são de uma estultice ímpar. Criam um tal de ranking e um algoritmo te (des)classifica. Em dois destes processos fui excluído de maneira impressionante. Fiz questão de acompanhar a contratação, ou o contratado conseguiu derrubar o algoritmo (tenho que fazer treinamento em responder algoritmo) ou vai ser pego na mentira em breve.

A experiência que tive na gestão de pessoas indica que as organizações que contratam mal e pagam acima de média, perdem mais gente e são mais penalizadas do que as que contratam com melhores critérios e pagam na média. Muitas destas empresas ainda não descobriram que é mais fácil manter bons trabalhadores ganhando mais do que elevado turnover.

Vida que segue

Enfim, c´est le vie, como diria outro poeta, sigamos em frente e, particularmente, continuarei buscando uma colocação, e enfrentando processos de recrutamento e seleção, e registrando as respostas, quando aparecem. É curioso ver como até empresas conceituadas não tem a mínima dignidade em responder se o currículo ou a candidatura não foi aceita.

Tem de tudo um pouco e algumas respostas são de uma falta de consideração, como esta que recebi menos de 30 minutos após a confirmação da minha candidatura e, certamente, foi enviada por alguma alma inteligente.

RESPOSTA

Olá,

Agradeço sua participação no processo seletivo mas não será possível aproveitar sua experiência 
para a posição no momento.

Devido ao grande volume de inscrições, não poderei enviar um feedback personalizado nesse momento 
mas tenho interesse em manter seu cadastro em consideração para futuras oportunidades. 
Por isso, peço que mantenha seu currículo atualizado no SITEDEEMPREGO.com.

Atenciosamente,

Além disso, fica pior quando percebemos que alguns destes “SITEDEEMPREGO.COM” (domínio fictício que substitui o real) cobram dos candidatos e até das empresas.

Por outro lado, é melhor receber uma resposta do que nunca mais ser notificado de alguma oportunidade de trabalho. Uma recrutadora conhecida disse que eles não olham a idade, conversando com outras pessoas, a afirmação é parecida. Contudo, ao conversar com estas  pessoas, entendo que o preconceito vem antes de qualquer coisa, como se alguém de 60 anos não tivesse capacidade de pensar rápido e errado como dois “jovens” de 30 em busca de um lugar ao sol.

Em suma, a situação está tão crítica que até para trabalho voluntário não há vagas, será que o problema é a idade mesmo?

Quer saber? DESISTAM ! Se não for “top“, “coach” e outros termos afins, esteja certo que não tem nenhuma vaga para você.

 

Charge: Benett

P. S. –  Reitero também o pedido feito em muitos momentos da vida deste blog e presente na página de “Advertências“. Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas. Coloquem aqui nos comentários ou na página do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.