The Rain - Pré Isolamento

Pré Isolamento – The Rain (Série)

The Rain

Este post, construído a princípio para fazer uma análise da série e suas relações com o mundo real, foi totalmente alterado e dividido em partes. Uma vez que ultrapassamos o chamado pré isolamento,. devido à pandemia provocada pelo SARS-CoV-2, provoca essa loucura no  planeta Terra.

O texto original, sobre a primeira temporada de The Rain (no Brasil em 2018), tratava da série como ficção e foi vista por mim sem muito nexo. Entretanto, quando assisti a segunda temporada, em meados de 2019, fiz pequenas alterações e, mesmo sabendo que tinha sido renovada para uma terceira temporada, achei que estava encerrada a questão.

Pré Isolamento

Certamente, ninguém previra a pandemia da COVID-19, e a ficção tornou-se real de trás para frente. A primeira temporada versava sobre como dois irmãos ficaram em isolamento total por 6 (seis) anos, por conta de um vírus mortal. O texto que fiz sobre isolamento ( Isolamento e uma Mente Inquieta ) nos remete a mais do que respostas automáticas sobre isolamento e seus benefícios.

O isolamento que estamos vivendo, parcial e muitas das vezes precário, provocou minhas lembranças e fiquei aguardando a terceira temporada. Foi como um soco no estômago o realismo e as consequências do pré isolamento, ainda mais quando as pessoas começam a se desesperar por uma cura, uma vacina ou qualquer outra coisa que salve vidas.

Pós-Apocalipse

A série ficou interessante e não sei de haverá uma quarta temporada em função da pandemia real.

Na primeira temporada, os capítulos são, surpreendentemente, parecidos com as situações que estamos presenciando entre as pessoas nas redes sociais e na vida real.

Os títulos dos oito episódios são: 1) Não Saia; 2) Fiquem Juntos; 3) Evite a Cidade; 4) Não Confie em Ninguém; 5) Tenha Fé; 6) Mantenha seus Amigos por Perto; 7) Não Fale com Estranhos; e 8) Confie em Seus Instintos.

Enredo interessante e, como se não bastasse, reflete o que vivemos como o exemplo de não sair de casa, imaginar que estão querendo nos abduzir ou ainda evitar as cidades e aglomerações. Em outras palavras, parece tudo mera coincidência que, na primeira temporada, produzida no final de 2017 tenha servido de roteiro para o ano de 2020.

Pré Isolamento Básico

Desse modo, a tentativa de isolamento, no primeiro episódio mostra a preocupação do pai dos protagonistas (Simone e Rasmus Andersen) em protegê-los. Mostra também que super-proteção pode não fazer bem para quem está sendo protegido, devido aos distanciamento do mundo real. Está claro que como na ficção e no mundo real, somente o isolamento poda salvar vidas. A ânsia em “voltar à normalidade”, em comerciantes abrirem suas portas, pode colocar tudo a perder e muitas vidas serão dizimadas.

Conforme identifiquei nos oito episódios da primeira temporada, estes foram, analogamente à nossa realidade, o script da nossa vida em 2020. Fico mais assustado quando pessoas, na iminente aparição de uma vacina, ainda questionam a origem da vacina como sendo de “comunistas não confiáveis”.

Com toda a certeza. uma loucura coletiva tomou conta de tudo e todos, e um vírus, que no caso da série usou uma chuva para contaminar e matar as pessoas, provocou  o comportamento de negação ao pré isolamento, que vai matar muita gente.

Em suma, apaguei o texto original e vou publicar a partir desta data (a terceira temporada foi lançada em agosto de 2020) um texto para cada uma das temporada.

E, enfim, seja isolamento ou pré isolamento, não é tão ruim assim para o indivíduo e para a humanidade e recomendo, fortemente. que vejam a série com visão da ciência e não da política e ranço do mundo.

 

Imagem: Reprodução Internet

 

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.