Jackie Silva - Atletas Inteligentes - O Globo

Jackie Silva – A Levantadora de Pessoas

A Levantadora

Alguns textos devem exaltar a personagem além do reconhecimento da figura pública desenhado pela mídia. Infelizmente, no Brasil exalta-se aquilo que pode atrair seguidores e por consequência, seguidores consumistas sem noção. Aqui refiro-me à ex-jogadora Jaqueline Louise Cruz Silva (a nossa Jackie Silva), medalhista olímpica e levantadora de pessoas, e vai na contramão de tudo que as redes sociais atualmente determinam.

Utilizo do termo “ levantadora de pessoas ” porque é uma brincadeira à partir da posição que ela atuava no vôlei de quadra e que, pouco depois foi apropriada no vôlei de areia. A carreira da atleta é exemplar e igual a de muitos outros que, por outro lado, de igual competência técnica, ficaram pelo caminho ou nos desvios.

Anteriormente, fiz um texto sobre a equipe do Sada Cruzeiro e lá citei que não gosto muito de vôlei masculino e de areia. Contudo, neste aqui registro uma singela homenagem à ” levantadora de pessoas ” pelo seu trabalho dentro e fora do esporte.

Jackie Silva – Atleta

Jackie é dos maiores ícones do vôlei brasileiro, feminino ou masculino. Guardadas as devidas proporções, assim como Pelé fez com o Soccer ao aportar nos EUA no time do New York Cosmos, Jackie Silva fez mais e melhor ao desembarcar na Califórnia para jogar vôlei de praia. Sua carreira de vitórias nas quadras e na areia falam por si só, coroados com uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996. Nada mais justo que ter sido a primeira brasileira incluída no Hall da Fama do Voleibol.

Instituto Jackie Silva

Assim sendo, uma jogadora vitoriosa nas quadras, mantendo sua consciência e integridade, pode muito mais. Assim sendo, entendo que Jackie Silva pôde e faz muito além do que fez nas quadras, o que não foi pouco.

Ao contrário de outros atletas famosos, verdadeiras virtuoses na sua atividade esportiva, tornam-se perfeitos idiotas quando encerram a carreira. Certamente, não é uma regra e cada caso é um caso; existem atletas que não gostam de badalação para suas ações sociais ou ações extra seu meio esportivo. Outros, ao contrário, viram verdadeiros marqueteiros e fazem mais autopropaganda do que realmente entregam resultados. Outrossim, é necessário ter contato e saber identificar o que é ruim para saber valoriza o que é bom ou até mesmo excepcional.

O Instituto Jackie Silva e seu projeto “Atletas Inteligentes” -e o que podemos classificar como um projeto excepcional.

Atletas Inteligentes

Jackie e seus parceiros de projeto, inclusive empresa s como Frescatto Company, Furnas, Massan e Milano, atuam de forma a integrar atletas à sociedade e dar oportunidade para que se desenvolvam como atletas e como pessoas.

A levantadora de pessoas, através de palestras, projetos localizados de incentivo ao esporte e clínicas de vôlei, oferece uma perspectiva que tem sido rara para adolescentes com sérias vulnerabilidades sociais.

Dois atletas originários de seu projeto (Evandro e Talita) são, atualmente, expoentes do vôlei brasileiro e a prova cabal de que todos que tiverem oportunidades iguais podem evoluir e dar respostas positivas.

Não é por acaso que a “polêmica” Jackie Silva me representa e é uma lenda olímpica brasileira para o mundo (ver LEGENDS).

 

Imagem – Reprodução O Globo

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.