Impunidade Criminosa - Mariana - Corpo de Bombeiros - Divulgação

Impunidade Criminosa – 5 Anos – Não foi acidente

Impunidade Criminosa

O crime de Mariana, cometido pela Samarco, completa nesta data 5 anos. Uma data que muitos devem estar comemorando, ao menos aqueles que se aproveitam da impunidade criminosa que os beneficia.

Desde que comecei esta “trilha” ( NÃO FOI ACIDENTE – O Crime do Século ) em 26 de fevereiro de 2016 a minha indignação não para de crescer. Queria, principalmente, manter viva a ideia de que não foi acidente e a impunidade criminosa não podia vencer pela omissão, esquecimento e diversionismo que reinam no país. Escrevi ao menos um texto, todos os meses desde o dia 3 abril, sobre o tema e o crime contra pessoas e o meio ambiente. Conforme fui avançando, percebi que as pessoas esqueceram-se, menosprezaram e, de certa forma, negligenciei e não publiquei a maioria.

Desse modo adotei o dia 5 de cada mês como referência e foram publicados trinta e sete; como se não bastasse, tenho mais de uma centena que posso publicar  em meia hora de revisão. Dentre os 37 publicados, quase a metade já foi revisada sob diversos aspectos ( a maioria por questões de edição do texto ) mas um deles merece destaque. Sofri processo (ainda estou sendo processado) de uma agência de fotografia que quer me cobrar valores que eu nunca pagaria por uma foto por melhor que fosse de Mariana e do crime cometido pela Vale, Samarco e BHP.

Nesta edição de “5 anos de Impunidade Criminosa“, comecei a escrever um “especial”, entretanto, resolvi suspender e escrever nesta data sobre um determinado assunto que surgiu na semana passada. A edição “grande”, dos cinco anos, vai ficar “no prelo”.

Impunidade Criminosa Rende Dividendos

Uma matéria indicada no meu “radar” de temas que acompanho sobre os temas deste Blog me chamou a atenção e, desse modo, me fez mudar o foco.

Em ” Vale lucra bilhões em um trimestre enquanto Brumadinho e Mariana seguem Sem justiça ” está o resumo desta ópera-bufa tragicômica.

Anteriormente, dois anos e meio atrás, no bojo do crime de Brumadinho, escrevi o quão seria prejudicial para as vítimas do crime de Mariana a mudança de foco. Inegavelmente, o crime de Brumadinho foi maior em relação ao número de vítimas fatais e, provavelmente, pelo crime ambiental. Certamente, em ambos os casos, o que fica público e notório é a impunidade criminosa que impera no país.

Desse modo, é assustador que a nossa sociedade aceite que a VALE tenha reportado lucro de US$2,9 BI num único trimestre, com elevadíssima alta em relação a 2019 e todos fiquem paralisados. Como se não bastasse, dividendos são distribuídos para acionistas, muitos comemorando alta no valor das ações e seus “irmãos” sem receber indenizações devidas.

Mariana e Brumadinho

A impunidade criminosa se consolida em Mariana e Brumadinho. No caso do primeiro crime, cujo principal responsável é a Samarco (a Vale e BHP são cúmplices !), foi criada uma entidade de nome RENOVA, que tem (tem?) a finalidade de indenizar e recuperar tudo que foi destruído. No caso de Brumadinho, a Vale trata com a maioria dos atingidos e a extensão parece ser menor do que a protagonizada pela Samarco. Entendo que as situações são diferentes mas o crime de Mariana teve mais atingidos pela extensão e importância do Rio Doce e seus afluentes até a foz, em Regência no Espírito Santo.

 

5 Anos

Uma vez que vemos o escárnio do Judiciário com questões de direitos básicos e até de humanidade, que tempos difíceis pioram muito com a pandemia, não temos a mínima esperança em nada deste caso.

Até entendo que famílias e pessoas façam suas orações, agradeçam quando recebem alguma ajuda e têm reconhecidas algumas de suas necessidades.

Tentei ajudar muitos de várias formas, na maioria dos casos, ações mínimas e pontuais. Apresentei projeto para a RENOVA que foi ignorado completamente pelo instamento burocrático servil.

A esperança é que as vítimas deste nossa grande estado das MINAS GERAIS não sofra e seja recompensada de maneira honesta e justa. Por outro lado, quando vemos a impunidade criminosa como deste caso o temor é que tudo fique como está.

Vou seguindo na proposta de continuar a cada dia 5 publicando textos alusivos ao tema de Mariana e vítimas da Samarco.

ADENDO

Hoje, quando se completam cinco anos da tragédia, nós do LEIA.ORG abrimos espaço para as atingidas e os atingidos possam dar a real versão da situação de reparação que deveria ter sido feita nesse período.

Manifesto no link  do blog LEIA.ORG  ( http://blog.leia.org.br/mariana-cinco-anos-de-reparacao-ou-propaganda ).

 

Imagem: Corpo de Bombeiros MG

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.