Quando o Carnaval Passar - Ziraldo

Quando o Carnaval passar

Carnaval da Pandemia

Em primeiro lugar, daqui alguns dias, vem o primeiro carnaval da pandemia. Sim, logo após o carnaval de 2020 é que as autoridades, foliões e assemelhados, resolveram reconhecer a maledetta, cursed ou maldita pandemia.

Vou utilizar, de forma lírica, esta bela e inocente canção do poeta Chico Buarque. Certamente, alguns dos leitores, cornos assumidos, vão deixar de ler por conta da citação ao cantor. Não me importo, utilizo desta representação para mostrar que não estou nervoso, ou como disse um amigo antigo para eu relaxar. Declaro, em outras palavras, estou relaxado.

Quando o Carnaval chegar

Indubitavelmente, Chico Buarque, como grande músico e poeta, escrevia coisas que as letras eram eternas, poesias são assim. Reproduzo aqui a música e letra. Entretanto, creio que, se fosse hoje, o inteligente e sagaz Chico Buarque, com esta loucura e estes loucos produzidos pela pandemia, escreveria: Tô me guardando pra quando o carnaval passar ...

Veja no Youtube clicando no link a seguir

 

Quando o Carnaval Chegar – Chico Buarque

Quem me vê sempre parado
Distante, garante que eu não sei sambar
Tô me guardando pra quando o carnaval chegar (refrão)

Eu tô só vendo, sabendo
Sentindo, escutando e não posso falar
refrão

Eu vejo as pernas de louça
Da moça que passa e não posso pegar
refrão

Há quanto tempo desejo seu beijo
Melado de maracujá
refrão

E quem me ofende, humilhando, pisando
Pensando que eu vou aturar
refrão

E quem me vê apanhando da vida
Duvida que eu vá revidar
refrão

Eu vejo a barra do dia surgindo
Pedindo pra gente cantar
refrão

Eu tenho tanta alegria, adiada
Abafada, quem dera gritar
refrão

Mas eu já tô indo embora
Um outro que agora me tome o lugar
refrão

Quando o Carnaval passar

Uma vez que, por conta da pandemia, aparece uma versão antagônica, parafraseando Chico Buarque estou me guardando pra quando o Carnaval passar.

Em outras palavras, o papo reto é a partir da música do Chico e tem todos os sentidos para os momentos terríveis que estamos vivendo, leia com atenção, cante, proteja os seus entes queridos e não caia na esparrela de folia e outras sandices de negacionistas.

Assim sendo …

Para quem me vê sempre parado, ainda que pareça distante ou em silêncio, recomendo que releia o texto que publiquei com o título “Pausa Durante uma Pandemia“; com toda a certeza, não estou distante, dei uma pausa e sei sambar (#SQN) e teclar; não apenas eu tô só vendo, escutando, lendo, sentindo, posso escrever e é hora de falar;  quem me ofende, me humilha, tenta me pisar, pensando que vou aturar calado, de acordo com minhas convicções, não perder por esperar; por outro lado, quem ,e vê apanhando da vida e duvida que eu vá revidar, certamente vai quebrar a cara; enfim, eu tenho tanta alegria adiada, abafada, que me levaria a gritar; como escrevi que “ano passado eu morri” este ano não morro, outros estão indo embora; eu não ! Outros que tomem meu lugar;

Tô esperando pra quando o carnaval passar !

Cuidem-se

Enfim, este texto é a expressão da minha indignação com o que estão fazendo com o povo brasileiro, especialmente com a parcela da população mais vulnerável. As mentiras contumazes e a falta de preparação da população está cegando a todos, a maioria dos mortos são aqueles que não se cuidaram.

Protejam-se e, acima de tudo, protejam aqueles que você quer bem e que te querem bem, não caia em conversas hipócritas, pense bem antes que você esteja prestes a aproveitar seu último carnaval em vida.

O carnaval de 2021 vai ser uma loucura, apertem os cintos, fiquem em casa, sejam inteligentes !

É VERDADE

Espaço destinado a verdades em Pindorama que se contar, ninguém acredita e, provavelmente, não serão notícias boas. Será feita ao menos uma indicação por texto e, eventualmente, mais de uma poderá ser publicada.

 

Charge: Adaptação de Ziraldo

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referem-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

 

4 comments for “Quando o Carnaval passar

  1. MARCO ANTONIO RODRIGUES
    27/01/2021 at 17:58

    É verdade,o que vai ter de carnaval “clandestino” vai ser uma festa!

    • 27/01/2021 at 22:00

      É pior do que podemos imaginar. Parimos uma geração que se acha indestrutível e que vai ali e voltará com o maldito vírus, E não tem vacina porque o Ministério da Saúde BRINCOU de logística com a vida das pessoas. Agora pedem para liberar para COMPRAR vacina, adivinha quem vai comprar e quem vai ficar SEM VACINA?
      Isto é um CRIME !

  2. Felipe
    29/01/2021 at 04:21

    Carnaval, mais uma ilusão que o mundo oferece ao homem! E todos que participam sabem disto, e mesmo assim se mantêm nesse ciclo. A famosa política do Pão e Circo que, salvo engano, surgiu no Império Romano, é continua a enganar até os dias de hoje.
    Que Deus nos guarde de andarmos segundo nosso próprio “entendimento” e aqueles que buscarem a Deus vão viver um momento diferente, conhecerão a Verdade, e Ela os libertará. (João 8:32)

    • 29/01/2021 at 18:47

      Felipe, entendo o que você diz mas Deus deve estar ocupado com muitas coisas para ficar procurando ajudar gente que não sabe o que faz e ainda coloca a vida dos outros em risco. Melhor seria se cada um que entende a gravidade do momento fizesse algo mais do que identificar o “pão e o circo” e as enganações que vemos todos os dias e denunciar. Se não abrimos os olhos de todos, alertando-os, a salvação não virá.
      P.S. Quem já perdeu parentes e amigos para esta maldita pandemia vai me dar razão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.