Etiqueta: ad hominem

As fofoqueiras e o Fux

As fofoqueiras nas eleições em 2018

Eleições em 2018 Do mesmo modo que aconteceu em 2016, as fofoqueiras e disseminadores de mentiras dominarão as eleições em 2018. Certamente, será muito pior. Entretanto, vejo que estes personagens não dominarão, mas influenciarão muita gente. Certamente, o povão de verdade (os que eu chamo de povão) não tem muito tempo para redes sociais. Além disso,…

Complexo de Vira-Lata

O complexo de vira-lata em 2018

Uma Praga Em primeiro lugar, Nélson Rodrigues não deveria imaginar que uma frase aplicada ao futebol pudesse virar a praga que virou. O vira-latismo, derivado do “Complexo de Vira-lata”, assola os brasileiros de tal forma que virou até um modo de vida. E não poderia ser pior. Uma vez que, assistimos a Rússia sediando uma…

Os relinchos da mídia

Coices e relinchos da mídia esportiva

Pátria de Chuteiras Em tempos de Copa do Mundo, retomo algumas leituras como o ´Pátria de Chuteiras` de Nélson Rodrigues. A princípio, não gosto de escrever muito sobre isto, muita gente fica fora de órbita que nem Rivotril resolve. Esta edição do dia dos namorados não poderia ser mais ´romântica`, falarei de coices e relinchos,…

Locaute Caminhoneiro

O caminhoneiro autônomo e o povo

 Pára Brasil O momento é para falar do movimento iniciado por aquele caminhoneiro autônomo. Caminhoneiro que acordou de sua letargia obsequiosa, a partir dos sucessivos e recentes aumentos do diesel. A princípio, este mesmo caminhoneiro ficou à margem do movimento para depor a presidenta eleita. Os patrões sentiram no bolso e “terceirizaram” o movimento.  Os gestores…

Intolerância - Redes Sociais

A intolerância social não é coincidência

Intolerância digital Primordialmente, é o alimento essencial das redes sociais. A maioria delas premia a intolerância, esconde ícones de “Não Curti” e dá significados diferentes para outras manifestações. Talvez, seja este o oxigênio de que precisam, para crescer e sobreviver. Assim como a violência alimentou torcidas organizadas e o fanatismo religioso alimenta a discórdia e…

Educação Permissiva - Todo mundo mente

Todo mundo mente

Teoria Todo mundo mente, não eventualmente, mas sempre, era a frase favorita do protagonista do seriado “House“. Naquele enredo, um médico que faz diagnósticos de doenças em um hospital descobria doenças raras, desde que não fosse atormentado com mentiras de gente doente. Além disso, advogava a teoria de que não é necessário estar perto do…

Movimentos Sociais

Movimentos Sociais – Uma pedra

Pedra no Caminho Sem dúvida, os movimentos sociais são um estorvo. Estes movimentos são uma pedra no caminho dos que se locupletam do trabalho alheio. Além disso, de todos que se aproveitam dá má distribuição de renda e, encastelados no poder, praticam o ódio contra os movimentos sociais. Decerto buscam suas migalhas ou se vendem…

Dia do Trabalhador - Sebastião Salgado

Dia do Trabalhador ou do Trabalho ?

Dedicado a você 1º de maio é dia do trabalho ou dia do trabalhador ? Escrevi, anteriormente, sobre esta atrocidade que é atribuir um dia para homenagear alguma coisa ou alguém. Supondo que exista uma dia do Trabalhador (neste blog em 2016) ou do trabalho, é provável que o Capital seja o tema antagônico. Existe um…

Capitães do Mato

A sobrevivência dos capitães do mato

Sobrevivência Em primeiro lugar, este post é uma homenagem à não-resiliência dos capitães do mato do Século XXI. Assim sendo, faz-se necessário explicar o que venha a ser resiliência e o que está acontecendo no Brasil, nos dias de hoje. Nem todo mundo sabe o significado de palavras que entram na “moda”. Resiliência pode parecer,…

Marielle e Anderson

A impunidade do caso Marielle e Anderson

Impunidade O caso do assassinato de Marielle e Anderson, igualmente a tantos outros, desnuda a impunidade e cumplicidade das autoridades e mostra a verdadeira face dos capitães do mato. Certamente, estes déspotas e seus serviçais sobrevivem fazendo qualquer coisa, para ficarem impunes. “TODO MUNDO JUNTO . . .” é a frase lapidar de Romero Jucá.…

O Professor Estrategista

O Professor Estrategista

El profesor Em La Casa de Papel, um professor estrategista é o personagem principal. Uma série de televisão espanhola (original Netflix) que nada mais é do que um longa metragem dividido. Até agora, foram duas partes e, cada episódio, não tem nome. A princípio, parece uma série que teve um piloto ou temporada de sucesso,…

Eu tenho um sonho

Nós temos um sonho

Um sonho “Eu tenho um sonho” (I have a Dream) é nome popular dado ao histórico discurso público feito pelo americano Martin Luther King. Naquele discurso, realizado a mais de 55 anos atrás, o ativista político falava da necessidade de união e coexistência harmoniosa entre negros e brancos. Da mesma forma como no discurso que fez parte…

O Mecanismo

O mecanismo dominante tupiniquim

O Mecanismo Queria conhecer qual o mecanismo que está impedindo o tal meteoro cair na Terra com o propósito de acabar com esta bagaça toda. Devido à minha impaciência nata, esta espera tornou-se angustiante. Em primeiro lugar, assisti à série “O Mecanismo” numa “maratona”. Adicionalmente, depreendi do conteúdo; das metáforas e outras entrelinhas, o suficiente…

STF Teratológico

Rábula Teratológico

STF Em primeiro lugar, Fora Temer!, Além disso, um Superior Tribunal Federal teratológico e seus juízes teratológicos, ninguém merece. É impossível não reconhecer ! Quando ficamos mais experientes, ainda mais pessoas como eu que costumam ler muito acima da média do povo brasileiro, fica mais difícil lermos ou ouvirmos uma palavra que nunca ouvimos antes.…

MBL - Camarilha do Mal

MBL – A camarilha do mal tem defensores

Camarilha do mal Fiquei pensando muito no título deste post. Camarilha do mal pareceu-me pleonasmo. Algo como se houvesse houvesse uma camarilha do bem. Fiquei em dúvida pois esta semana, entrei em algumas timelines para discutir uma figura atribuída a este bando (Movimento Brasil Livre – MBL) e fui repreendido. Fui desqualificado e chamado de…

Desembargadora do Mal

Desembargadora do mal

Redes Sociais Quando digo que o mundo acabou … faz tempo. Patetas e teleguiados tomaram conta das redes sociais e uma desembargadora do mal é somente mais uma aproveitadora a usar outros como massa de manobra. E as falácias manipulam até os que se dizem letrados. Falácias e sofismas ganham o mundo e viram fato.…

Política Tupiniquim - Voltaire Cético

Política Tupiniquim à moda de Voltaire

Voltaire A política tupiniquim precisa de um Voltaire. É inconcebível que tenhamos perdido tanto tempo e não aparece ninguém para fazer as vezes de Voltaire como na Europa. O cara nem se chamava Voltaire (um dia escreverei sobre as lendas de como ele adotou este nome – ainda não estudei o suficiente). Mas o Brasil…

Tunga Oficial

A maior tunga desde 1500 (Parte 3)

 A tunga continua Publiquei alguns posts que imaginei não virariam série. Tunga é a palavra principal deles. Não no sentido específico ou  nome próprio e/ou apelido de artista, no sentido figurativo, o pior de todos.  A primeira parte foi o “Tunga Penetrans na Viúva“. A segunda parte foi o “A maior Tunda desde 1500“. Fui…

Sobrevivente Designado

O Sobrevivente Designado

Séries Depois que tive um acidente, tenho visto muitas séries de TV. A maioria através do Netflix. Sobrevivente designado (do inglês, designated survivor) é a série da vez. Sim, para desespero de malucos e malucas de plantão pois a Netflix é muito superior à concorrência. Mas isto é outra discussão. Uso dos enredos das séries (política,…

Saúde Mental

Os Alienistas e a saúde mental

Livros e Autores A saúde mental é o título de duas obras literárias. Acima de tudo, “O Alienista” original, pra mim, é o livro de Machado de Assis, considerado uma ficção literária humorística. A cópia, é do escritor estadunidense, Caleb Carr. Considerando que Machado de Assis morreu em 1908 e sua obra tornou-se Domínio Público…

Aduladores de Maquiavel

Filosofando Maquiavelicamente II

Maquiavel Ninguém governa sozinho. Maquiavel dizia que “Um Príncipe prudente deve ter a capacidade de decidir e filtrar os bons conselhos, realizando desejos do seu ´povo` “… Mais perguntas do que respostas. Faz parte da filosofia. Cada um que tire suas conclusões. Não viemos para explicar, viemos para provocar que cruzeirenses pensem. Não dói !…

Queima de Livros - Latuff

Queima de livros

Heresia O título do post é uma provocação. É inconcebível que um professor, mesmo que desempregado, imagine uma queima de livros. Isto é uma coisa medieval. Ao contrário disso, a minha práxis é de doar livros. Existem alguns livros que compro, faço doação para alguém que tenha interesse no tema e, às vezes, compro outro…

Justiça Cega - Rábulas

Rábulas et caterva

Direito É claro que o termo rábulas não é elogioso e muito menos generalizador. Quem entende assim, ainda não percebeu como o mundo funciona e como o Brasil trata a ciência jurídica desde 1808. Já escrevi e repetirei e posts futuros. 1808 foi o marco mais nefasto da história do Brasil. As ciências jurídicas (Direito…

Assédio Moral

Assédio Moral

Assédios A palavra assédio tem origem em diferentes vocábulos do latim. No geral foi criada para dar ideia de cerco, cilada, aproximação, no sentido de conquistar. Inicialmente referindo-se a cercos militares. Entrou no dicionário contemporâneo pela abordagem entre pessoas, virou um modo figurado da palavra original. E tem se tornado, em algumas sociedades, uma questão…

Impostores

Impostores em ação

Tempos Modernos O meio empresarial e profissional, seja ele público ou privado, mudou muito nos últimos 30, 40 ou 50 anos. Certamente, havia impostores nos meios organizacionais e políticos, desde sempre. Mas hoje está fora de controle. Posteriormente à crise do petróleo, com empregos consolidados e quase monolíticos, em que vivemos a chamada “década perdida”…

Dilema do Prisioneiro - Willtirando

Dilema do Prisioneiro Brasileiro

Dilema do Prisioneiro Este post, assim como o post com resquícios de filosofia (Cogito, ergo sum) aparecerá, um dia, no blog Reticências, que é o espaço que estou preparando, onde as divagações e pensamentos que tenho serão publicadas. Dilema de Prisioneiro é uma amostra do problema das escolhas que todos fazemos, aplicado ao momento brasileiro.…

Fakenews e opressão

Combatendo fakenews

Fakenews Fakenews é uma coisa que sempre existiu. Devia existir na Idade Média quando os emissários do rei iam divulgando os atos. Em algum lugar, mesmo antes da imprensa ser reconstruída  por Gutemberg, nascido em 1398, alguém deve ter dado uma notícia falsa em praça pública que tornou-se verdade. Inventor da imprensa Bi Sheng (c.…

Geracao Z - Uma Sub-Raça - Hedonismo Ôco

O surgimento de uma sub-raça

História Quando poderíamos imaginar que a evolução tecnológica provocasse o surgimento de uma sub-raça? Trabalho com Internet desde o inicio da década de 90, mais precisamente, lá pelos idos de 1992/93, quando iniciamos na empresa em que trabalhava, conexões e provimento de serviços usando Linux (eram 16 disquetes), para não usarmos o Caldera (muito caro)…

Cogito, Ergo Sum

Cogito, ergo sum.

Cogito, ergo sum Admiro René Descartes (1586 – 1650). Filósofo e matemático, era um pensador que duvidava das coisas. Talvez explique a minha paixão por auditoria e segurança da informação e a paixão pelo cartesianismo. Cogito, ergo sum – versão latina para “je pense, onc je suis” de Discurso do Método (1637) – é lapidar, e…

Ignorância e Progresso

Ignorância e Progresso

Ignorância e Progresso Ignorância e Progresso tem tudo a ver com Juvemário Tupinambá, baiano de Nazaré das Farinhas (BA), falecido em 2010, que ficou conhecido por alguns bordões. O seu personagem mais famoso era Bertoldo Brecha, numa alusão a um dramaturgo alemão, adaptado para as terras tupiniquins e que dizia “… a inguinorança é que…

Ano Velho x Ano Novo

Adeus ano velho

Ano Velho Particularmente, adoro a passagem de ano. Simplesmente porque deixo para trás o mês de dezembro. Tenho sérios problemas com a hipocrisia reinante neste mês. Quando o ano velho se encerra, e todos tem a certeza de que é pretérito, é o meu momento de felicidade… faltam onze meses completos para o próximo dezembro.…

Sobreviver às Críticas

Sobreviver às críticas

Redes Sociais e Sociedade As redes sociais potencializaram muitas coisas boas. Por outro lado, colocaram em xeque muitos outros comportamentos e posicionamentos que as sociedades e suas respectivas culturas, não aceitavam. Parece contraditório, mas não é. Deu-se voz a quem não tinha, e aí, chefia., vale tudo. Naquele tempo, era fácil sobreviver às críticas. Se…