Lumpenproletariat.Org

Ser Lumpenproletariat agora é moda

Lumpenproletariat

Certamente, alguns temas atraem interesse da maioria das pessoas, mesmo que elas não tenham a mínima noção do que se trata. Basta ser uma celebridade e, principalmente, ter milhões de seguidores que qualquer merda que eles fazem, escrevem ou falam viraliza. E, como se não bastasse, canaliza rios de dinheiro de patrocinadores e anunciantes para o protagonista na rede social. Enfim, o Brasil não ´exceção e está exportando um tipo de personagem que torna-se idolatrado: o Lumpenproletariat.

Analfabeto Político

A palavra Lumpenproletariat é daquelas que poucos tem noção do significado, os com maior conhecimento e acostumados a ler, tomam radicais e acertam com elevada propriedade. Com toda a certeza, poucos habitantes de redes sociais sabem o que significa etimologia, quiçá Lumpenproletariat.

A palavra tem significados diferentes, dependendo, sobretudo, a partir de qual sistema que o define.

Se for o Capitalismo, admite-se a atribuição a pessoas que não são inteligentes, que não foram bem educadas e, como se não bastasse, pessoas que não querem mudar esta situação.

Por outro lado, no Marxismo, que critica o Sistema Capitalista de forma contundente. Lumpenproletariat é uma camada da sociedade, ou ainda do proletariado que “… não apenas são destituídas de recursos econômicos, mas também desprovidas de consciência política e de classe, sendo, portanto, suscetíveis de servir aos interesses da burguesia.” (Wikipedia)

Entretanto, o que o Capitalismo não referencia, criminosamente, e o Marxismo consegue indicar é como surge esta classe numa determinada sociedade. “O Analfabeto Político”, de Bertolt Brecht, traz em um dos seus trechos quase toda a explicação.

Trecho de “O Analfabeto Político

Não sabe o imbecil que,
da sua ignorância política
nasce a prostituta, o menor abandonado,
e o pior de todos os bandidos,
que é o político vigarista,
pilantra, corrupto e o lacaio
das empresas nacionais e multinacionais.

Lumpenproletariat Tupiniquim

Em primeiro lugar, no Brasil tudo funciona ( OU NÃO ) de maneira diferente do resto do planeta. Parecemos apartados da humanidade e algumas “castas” se acham superiores aos seus conterrâneos.

Criamos uma categoria de Lúmpen, que nunca foram proletários de verdade e temos até nome próprio para eles. Durante minha passagem a trabalho por Brasília entre 2003 e 2012 aprendi muita coisa, e o termo rebotalho era estranho ao meu vocabulário, mas pode ser descrito como sinônimo de Lumpenproletariat.

Na sociologia de Pindorama, lumpenproletariado é a camada social desprovida de consciência política e como na definição clássica, serviçal da burguesia. Antes que os preclaros leitores tirem conclusões apressadas, lembrem do que escrevi, no Brasil é diferente. Classes profissionais como jogadores de futebol, artistas musicais, apresentadores de TV, Jornalistas são os verdadeiros parasitas da sociedade.

Quando temos vereadores como o Fernando Holiday ( por mim definido em MBL – A Camarilha do Mal tem Defensores ), jogadores como Neymar, repórteres como Alexandre Garcia (Ex-Globo), apresentadores como Datena, Ratinho, a perspectiva não pode ser das melhores. Anteriormente, quando escrevi sobre o Parasita-Mor da Sociedade Tupiniquim (jornalistas), era exatamente sobre esta situação que descrevia. Desse modo, é uma injustiça que os Lumpenproletariat, criados pelo “mecanismo” de fazer miseráveis, que impede até que sobrevivam, mudem alguma coisa.

Humanidade

Desde que resolvi escrever sobre séries de streaming busco relacionar a ficção com a realidade. Conforme pude relacionar do que vi na Série 3% e descrevi sobre o futuro que estava prevendo, fico estarrecido com as semelhanças de roteiro e fatos.

No Brasil, o sentido de humanidade está ficando para trás e, para piorar, a maioria dos neolumpenproletariat abusam de sua “fama” e tornam-se, em muitos casos, mais do que vassalos privilegiados, assumem a função de Capitão-do-Mato.

Estes seres que se aproveitam dos ingênuos não produzem nada para o bem comum, são totalmente desvinculados da produção com objetivos sociais. E, de acordo com a visão perpetuada pela mídia, diferenciam-se dos verdadeiros Lumpenproletariat da concepção Marxista até nas manchetes dos crimes que comentem.

Se for um vassalo bem relacionado a manchete é: Famoso cantor pego com drogas em seu apartamento na Vieira Souto.

Caso seja um verdadeiro Lumpenproletariat será algo do tipo: Aprendiz de traficante é após atacar polícia com arma de brinquedo.

Esta é a diferença, enquanto imbecis como Neymar gastam dinheiro desprezando suas origens e a sociedade em que viveu, grande parcela da população vota como se fossem abduzidos por um pastor manipulador de mentes e corações.

O mundo acabou em 2012, exatamente como previram os Maias, depois do que está porvir nestas eleições gerais, não me surpreenderia se a casta dos falsos Lumpenproletariat tomassem o poder junto com os políticos e mandatários da vez.

Lumpenproletariat é, por analogia, uma involução da sociedade capitalista moderna e, surpreendentemente, Renê Simões (técnico de futebol) tinha razão, “criaram um monstro”.

Parafraseando a frase da imagem: Se você não parar um regime fascista, cheio de parasitas e Lumpenproletariat como este Neymar, Luciano Huck e outros, antes de iniciar, a conta pode ficar muito cara.

 

Imagem: Lumpenproletariat.Org

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referenciam-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.