Bate e Volta - Maria Fumaça

Maria Fumaça é um Trem – Passeio Bate e Volta

Bate e Volta

Inspirado em um artigo de um site cultural sobre Minas Gerais, resolvi recomendar roteiros de passeio, denominados, a princípio, Passeios Bate e Volta (este era o 107 ). Passeios que podem ser realizados em um ou dois dias, como puro lazer, diversão e conhecimento da cultura de Minas Gerais. Desse modo, pensei em roteiros adequados para  sair cedo de casa, almoçar e voltar ao final do dia. Por outro lado, em determinados casos, pode-se fazer uma pernoite e voltar no dia seguinte. Passeios para gastar pouco, se feitos num mesmo dia, são motivadores e prazerosos como os que podem ser feitos com a Maria-Fumaça que liga São João a Tiradentes.

Nessa “trilha” de textos, anteriormente, as dicas eram para localidades até 150 km distantes de Belo Horizonte. Em seguida, o interesse e as informações sobre lugares mais distantes foram surgindo. Logo após superada a meta de 50 opções de passeios, estabelecida inicialmente, lugares mais distantes estão sendo contemplados.

Estes textos terão espaço próprio com projeto de apoio ao turista de um dia ou de final de semana ( o domínio www.logoali.tur.br será o destino final ) . Os amigos(as) que estão acompanhando, aprovaram e tem ajudado de maneira significativa sobretudo com dicas e correções.

Trem e Maria Fumaça

De acordo com a milenar cultura popular mineira, tudo é trem, inclusive a Maria Fumaça. Vários textos desta série de passeio bate e volta abordaram passeios de trem ou Maria Fumaça. A maioria dos passeios são curtos, entretanto existem passeios mais longos como o que liga Belo Horizonte (MG) a Vitória (ES) que está com seus carros renovados e passa por diversas cidades do circuito histórico e do roteiro denominado Estrada Real. Os Amigos do Trem tem feito um ótimo trabalho, vamos ver se perdura.

Tiradentes

A cidade de Tiradentes, já retratada em outro passeio bate e volta anterior,  já foi “Arraial Velho de Santo Antônio”, e “Vila de São José do Rio das Mortes” e cidade de São José del-Rei, em homenagem ao então príncipe de Dom José I. A vila de São José resultou do desmembramento da vila de São João del-Rei em 1718.

A cidade tornou-se um dos centros históricos da arte barroca mais bem preservados do Brasil. Desse modo, voltou a ter importância, agora turística. Como se não bastasse, na metade do Século XX, foi proclamada Patrimônio Histórico Nacional tendo suas casas, lampiões, igrejas, monumentos e demais partes recuperadas.

Certamente, vale a pena um passeio de moto até a cidade onde se realizam diversos encontros e festivais durante o ano inteiro e um passeio na Maria-Fumaça.

São João del-Rei

Por outro lado, outro passeio de grandes opções, já retratado neste Blog como um dos melhores bate e volta, é da cidade de São João del-Rei, localizado na região denominada Campo das Vertentes, foi fundada por desbravadores integrantes das entradas e bandeiras e atribui-se a Tomé Portes del-Rei a responsabilidade da sua fundação.

Trem

A ferrovia utilizada pelo passeio de trem entre Tiradentes e São João del-Rei surgiu no final do século XVII e foi considerada por muitos historiadores a primeira estrada de ferro legitimamente mineira com sua bitola estreita e sede em São João del-Rei.

O trecho ferroviário tem aproximadamente 600 km e era núcleo principal da atualmente denominada Ferrovia Centro-Atlântica ( FCA ) com a privatização da Rede Ferroviária Federal S.A. ( RFFSA ).

O tráfego da Estrada de Ferro Oeste de Minas ( EFOM ) nos 12 quilômetros do trecho entre São João del-Rei e Tiradentes e pode ser considerado, com toda a certeza, um dos mais importantes do país por funcionar ininterruptamente por mais tempo.

Maria Fumaça – Horários

Enfim, o complexo Ferroviário de São João del-Rei – onde está localizado o Museu Ferroviário – , tombado pelo patrimônio histórico, abriga uma história que vem, há mais de um século, de pura cultura, arte e emoção. Um passeio bate e volta que pode ser inserido e compartilhado em muitos outros na região denominada Estrada Real

HORÁRIOS:

Sextas-feiras e sábados:

Partida de São João: 10h e 15h

Partida de Tiradentes: 13h e 17h

Domingos:

Partida de São João: 10h e 13h

Partida de Tiradentes: 11h e 14h

TARIFAS:

  • Adultos: R$ 40,00 (Ida) – R$ 56,00 (Ida e volta)
  • Crianças de 6 a 12 anos, estudantes e pessoas acima de 60 anos: – R$ 20,00 (Ida) – R$ 23,00 (Ida e volta)
  • Crianças até 05 anos no colo não pagam

Estação de São João del-Rei

Rua Hermílio Alves, 366 – Centro – Fone: +55 (32) 3371-8485

Horário de bilheteria: 4ª e 5ª – 9:00h às 11:00h e 12:00h às 17:45h

6ª e sábado – 9:00h às 13:00h e 14:00h às 17:00h

Estação Tiradentes

Praça da Estação s/nº – Fone: +55 (32) 3355-2789

Horário de bilheteria: 4ª e 5ª – 9:00h às 11:00h e 12:00h às 17:45h

6ª e sábado – 9:00h às 13:00h e 14:00h às 17:00h

Domingo: de 9:00h às 14:00h

Como chegar

Em função da importância cultural e turística, e dos vários eventos que acontecem, principalmente em Tiradentes, é importante verificar as atividades culturais e turísticas na cidade para não encontrar espaços lotados e a cidade entupida, o que é um grande risco para um passeio bate e volta.

Os acessos podem ser feitos a partir da BR-040 ou através da BR-381, seja saindo de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo ou Ouro Preto. Existem linhas de ônibus ligando estas cidades e São João del-Rei até Tiradentes.

Carro e Moto

A viagem de carro ou moto é, surpreendentemente, uma aventura à parte e pode ser feita em duas opções principais:

  1. Seguir por 85 km pela BR-040 e logo após Congonhas, entrar na BR-383 de rodar por 105 km até Tiradentes
  2. Seguir por 170 km pela BR-040 até a cidade de Barbacena. Prosseguir pela  BR-265 por 55 km até Tiradentes.

Se bem que também é possível chegar a São João del-Rei pela BR-381 e tanto nos dois caminhos indicados como pela BR-381, passa-se por cidades que integram o circuito da Estrada Real e já foram retratadas em outros textos.

Os horários devem ser confirmados uma vez que este Blog tem sua atualização limitada e devido Pandemia, as viagens foram suspensas.

 

(*) Revisado e atualizado em agosto de 2020

 

Foto: Blog Viajar Turismo

 

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindas.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referem-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

 

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.