Curta! - Canal de Cultura e Arte

Curta! – O segredo de uma opção inteligente

TV – Aberta x Assinatura

Os tempos estão tão estranhos que o debate sobre o que ver na TV saiu da discussão entre TV aberta X TV por assinatura e chegou aos canais de streaming ( Netflix, Prime, Globoplay etc. ). Por outro lado, ouço e leio absurdos e surreais como: “… o Netflix não tem nada de novo e interessante …”. Desse modo, resolvi fazer propaganda, de graça, de um canal que entendo ser uma ótima opção para quem quer fugir dos “blockbusters” atuais. A minha indicação é do canal Curta!, criado em 2012 e que passa despercebido pela maioria das pessoas que criticam tudo que tem na telinha.

Curta!

Em primeiro lugar, o canal Curta! está conseguindo um feito quase inédito, eu diria inusitado. Não costumo fazer uma divulgação de algo comercial desta forma, sou mais crítico com tudo. Entretanto, em função da pandemia, da elevação de pessoas em casa com mais tempo para verem coisas diferentes, e outros fatores, resolvi ceder.

Logo acima, no parágrafo de abertura, citei um comentário de uma pessoa conhecida, hipoteticamente com certo discernimento sócio-cultural-político, que é real e parte das manifestações inacreditáveis que tenho percebido nas redes sociais. Dessa forma, resolvi, ao invés de refutá-los e fazer indicações, falar  num texto para muitos mais, sobre as opções. O canal Curta!, depois de algumas avaliações, foi a minha escolha.

Curtas

O nome sugere, a princípio, que seria um canal somente de produções do tipo curta-metragem. Surpreendentemente, todos que carregam o preconceito com produções brasileiras e curta-metragem, quebram a cara sobre o conteúdo do canal. Em outras palavras, é possível que não tenham atentado para um pequeno sinal gráfico apegado ao canal que lhe dá uma ampla gama de sentido.

Tamanduá

Para falar do “Curta!” é necessário fazer uma referência ao streaming conhecido como Tamanduá, onde podemos encontrar tudo ou quase tudo do canal foco deste texto, de forma completa.

Filmes e Séries

Tenho escrito sobre filmes, séries, curtas, longas, nos mais diversos gêneros. Normalmente, dedico tempo para escrever sobre coisas que reputo boas, que possam ser indicadas. Raramente, escrevo quando o que vi ou acompanhei é ruim ou não serve nem como passatempo.

Por exemplo, os textos a seguir não contém spoiler e são indicações que fiz.

Conforme é possível observar, não tem curtas nos links acima, estou preparando muitos, todos baseados ou inspirados nos curtas e produções que tenho acompanhado no canal Curta!. Certamente, a profusão, variedade, heterogeneidade, diversidade, qualidade criativa, qualidade históricas das produções estão valendo a pena.

Curta o Canal

Em suma, não é todo dia que podemos indicar alguma coisa que atenderá à maioria das pessoas que querem deixar um pouco de lado a loucura da pandemia e continuar pensando.

Com toda a certeza, existirão aqueles que, não gostando de pensar até quando estão ansiosos por entretenimento, não conseguirão nenhum título agradável. É minoria, conheço pessoas assim e que ficam “sem graça” de falar que não gostaram de uma indicação. Isso de não manifestar que não agradou de uma produção indicada, virou uma espécie de tabu nas redes sociais rasteiras.

Fico impressionado com a quantidade de pessoas que tem pressa de ver algumas coisas e sair reproduzindo as “novidades”. Se bem que, nas redes sociais atuais, “vale mais” que anuncia alguma coisa, até fake news, antes dos outros.

Enfim, em breve, aqui no meu minifúndio virtual, textos sobre a muitas das produções exibidas no canal Curta! e até mesmo trilhas sobre séries que vi somente um ou dois episódios. É essencial que as pessoas não percam suas referências e, muitas das vezes, produções em P & B ou antigas são pedagógicas e esclarecedoras.

Vale a pena curtir muito esta viagem ao conhecimento, cultura, arte e muito mais. #FicaaDICA

 

Imagem: Reprodução Youtube

Nota do Autor

Reitero, dentre outras, o pedido feito em muitos textos deste blog e presente na página de “Advertências“.

  • Observações, sugestões, indicações de erro e outros, uma vez que tenham o propósito de melhorar o conteúdo, são bem vindos.
  • Coloquem aqui, nos comentários ou na página do Facebook, associada a este Blog, certamente serão todos lidos e avaliados.
  • Alguns textos são revisados, outros apresentam erros (inclusive ortográficos) e que vão sendo corrigidos à medida que tornam-se erros graves (inclusive históricos).
  • Algumas passagens e citações podem parecer estranhas mas fazem parte ou referem-se a textos ainda inéditos.

Agradeço a compreensão de todos e compreendo os que acham que escrevo coisas difíceis de entender, é parte do “jogo”.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.